[resenha] Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?

27 de julho de 2011 - quarta-feira - 21:18h   ¤   Categoria(s): Autoajuda, Literatura estrangeira, Resenhas

Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?Título: Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?
Título original: Why Men Don’t Listen & Women Can’t Read Maps
Autores: Allan e Barbara Pease
País: Austrália
Ano: 2000
Editora: Sextante
Tradutor: Neuza M. Simões Capelo
Páginas: 239
Sinopse: Homens e mulheres são e reagem de forma diferente, o que torna o seu convívio difícil, muitas vezes áspero e gerador de ressentimentos. Mas quais são as razões dessas diferenças é até que ponto elas podem ser superadas? Como aprender a lidar com elas e administrá-las para sermos felizes em nossos relacionamentos com o outro sexo? Barbara e Allan Pease percorreram vários países e consultaram dezenas de cientistas para preparar este livro sobre as diferenças e os modos de pensar e agir de homens e mulheres. Investigaram as surpreendentes conclusões das últimas pesquisas sobre o cérebro, investigaram a Biologia Evolutiva, analisaram trabalhos de psicólogos, observando as transformações sociais e entrevistando centenas de pessoas. O resultado está neste livro que oferece um instrumento importante para, ao verificar e compreender as diferenças, estabelecer uma relação harmoniosa entre homens e mulheres, seja no casamento, na vida profissional, na forma de educar os filhos ou em qualquer campo do relacionamento humano.
Compre: compare preços

A pesquisa mostra também que o lado esquerdo do cérebro das meninas se desenvolve mais depressa que o dos meninos. Por isso, elas falam melhor e mais cedo, conseguem ler antes e aprendem mais rapidamente uma segunda língua. E é por isso também que os consultórios dos fonoaudiólogos estão cheios de meninos.
Nos meninos, no entanto, o lado direito do cérebro amadurece antes do das meninas. Assim, desenvolvem melhor e mais cedo a percepção, a lógica e a orientação espacial. De um modo geral são superiores em matemática, em construções, na montagem de quebra-cabeças e na resolução de problemas.
Pode parecer politicamente correto fingir que as diferenças entre os sexos são pequenas e sem importância, mas inúmeras evidências apontam em outra direção: fomos estruturados de maneiras diferentes e evoluímos com inclinações e habilidades inatas incrivelmente variadas.

Avaliação:
Por que os homens devem assumir a direção à noite?
Por que as mulheres têm um “sexto sentido”?
Por que os meninos não ouvem?
Por que as mulheres falam tanto?
Por que os homens detestam estar errados?
As mulheres podem melhorar sua habilidade espacial?
Por que os homens escodem as emoções?
As mulheres são maníacas sexuais?
Por que os homens acionam o controle remoto?

Por-que-os-homens-isso-e-as-mulheres-aquilo é um assunto que me fascina desde a 1ª vez que li este livro, 9 anos atrás. Por ser de linguagem fácil e possuir bons toques de humor, o livro flui de maneira incrível, sempre leve, principalmente se pararmos para pensar que ele trata de um assunto que poderia ser exposto de maneira bastante científica, maçante e até polêmica.

Entretanto, “Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?” tem o tom certo e necessário para nos fazer entender e aceitar que mulheres e homens são diferentes, sim, não importa o quando a sociedade e o feminismo digam que somos todos iguais.

A recompensa é que seus relacionamentos com o sexo oposto melhoram, a ponto de se tornarem mais interessantes e até curiosos. Como no meu caso, que sempre me divirto quando almoço com determinados colegas de trabalho – homens -, e concedo a eles os lugares de frente para a porta, na mesa do restaurante. Apenas com o olhar, eles me agradecem aliviados.
Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?

Veja também:

    3 comentários para “[resenha] Por Que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?”

  1. nadsom lima disse:

    ai gente amei o livro

  2. Prisla disse:

    é mesmo Rapha totalmente estranho.
    Mas me deu vontade de fazer os testes. Boa pedida!

  3. Raphael Motta disse:

    Engraçado o nome em do título Português ser o único diferente!

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree