[resenha] O Enviado

8 de dezembro de 2011 - quinta-feira - 15:22h   ¤   Categoria(s): Literatura estrangeira, Mistério, Resenhas

O EnviadoTítulo: O Enviado
Título original: El Enviado
Autor: J.J. Benítez
País: Espanha
Ano: 1979
Editora: Planeta
Tradutor: Sandra Martha Dolinsky
Páginas: 173
Sinopse: A partir de uma notícia veiculada pela Nasa, Benítez procura elucidar uma série de questões a respeito do Santo Sudário e reconstruir o que teria sido o caminho tortuoso de Jesus até o momento de sua morte. O livro tenta explicar alguns dos mistérios da humanidade considerados indecifráveis.
Compre: compare preços

Sempre imaginei que Jesus de Nazaré havia sido um judeu típico. Ou seja, robusto e de altura similar à média mediterrânea. Talvez algo entre 1,60 m e 1,65 m de altura. Mas não. Eu estava enganado também com relação a isso.
[...]
…o “homem” do Sudário tinha 1,81 m de altura. Segundo o médico, “esses dados nos colocam diante de um homem antropometricamente perfeito. Extraordinário em toda sua imponente beleza, que se deduz das linhas de seu rosto”.

Avaliação:
Eu apenas posso começar esta resenha dizendo: livro sensacional!

Para uma pessoa como eu, que se diz “não-religiosa, porém altamente espiritualizada”, este livro me encantou muito! Não sou católica praticante, apenas fui batizada como uma, mas creio sem sombra de dúvidas que Jesus Cristo existiu e respeito muito a sua personalidade divina e histórica.

O livro trata de assuntos bastante polêmicos e está dividido em 2 partes: a primeira fala da autenticidade do sudário de Turim, de como as marcas gravadas no tecido conseguem dizer – associadas aos relatos que constam na Bíblia – como foi a Paixão e Morte de Jesus Cristo e no que consistiu o evento que foi chamado de “Ressurreição”. A segunda parte analisa, ainda que sem provas concretas, os fenômenos da estrela de Belém e dos anjos que apareciam a Jesus e seus discípulos, com base (pasmem!) na ufologia.

O que chamou a atenção do autor, e o levou a escrever este livro, foi uma notícia onde a NASA afirma, em 1977, depois de 3 anos de estudo, que a imagem de Jesus no sudário de Turim foi feita a partir de uma radiação emitida pelo seu corpo, 36 horas após sua morte, e que chamuscou o tecido.
Além das diversas análises científicas que comprovaram que este tecido realmente cobriu o corpo de Jesus Cristo, há também a comprovação de que a imagem não foi feita através de contato químico.

Extremamente interessante também é a reconstrução de todo o caminho de Cristo, desde a sua condenação até sua ressurreição, baseada nas análises das feridas e marcas gravadas no sudário. É um relato ao mesmo tempo belo e triste, além de intenso e muito agonizante.

Na parte em que o autor questiona o que foi a estrela de Belém e a presença dos anjos, tão frequentemente relatados na Bíblia, ele procura respostas baseado num dos assuntos do qual é especialista: os óvnis.
À primeira vista, parece um tanto banal e frívolo, mas mesmo não tendo provas científicas, o autor se utiliza de relatos de inúmeras experiências (de diversas pessoas e também dele mesmo!) para analisar os fatos descritos nos evangelhos.

E no final, após as conclusões, há uma entrevista imaginária mas muito emocionante, do autor com Jesus Cristo, que, confesso, me arrancou lágrimas.

Enfim, o livro é altamente recomendado para quem gosta de mistérios ligados a Religião. Entretanto, é necessário ler com a mente aberta e, de preferência, com um nível zero de ceticismo, aceitando que muitas vezes a ciência e a fé podem ser grandes aliadas.

Vale lembrar que o escritor é jornalista, o que dá uma boa garantia de se ler um livro muito bem escrito!
O Enviado

Veja também:

    2 comentários para “[resenha] O Enviado”

  1. Kelly disse:

    Oi Lia!
    À primeira vista não seria um livro que me interessaria, mas fiquei curiosa pela questão científica do Santo Sudário. Só que depois vi que o autor mistura o assunto com óvnis… rs
    Apesar da ótima resenha, não sei se chegarei a ler algum dia =P
    Beijos!

  2. Fiquei extremamente curiosa em relação a esse livro.O que dizer da resenha:magnífica e perfeita como sempre.
    Saudades de ti,lindinha!
    Bjs!!!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree