[resenha] Quebra de Confiança

24 de janeiro de 2012 - terça-feira - 16:13h   ¤   Categoria(s): Literatura estrangeira, Policial, Resenhas, Suspense / Ação

Quebra de ConfiançaTítulo: Quebra de Confiança
Título original: Deal Breaker
Autor: Harlan Coben
País: EUA
Ano: 1995
Editora: Arqueiro
Tradutor: Alves Calado
Páginas: 271
Sinopse: Este é um momento importante na carreira de Myron Bolitar. Depois de agenciar alguns atletas pouco conhecidos, ele agora é o empresário de Christian Steele, a maior promessa do futebol americano de todos os tempos. Talentoso, bonito, centrado e carismático, tudo indica que o rapaz também poderá arrematar milhões em contratos de publicidade. Mas, ao mesmo tempo em que vive o auge na carreira, Christian enfrenta um drama na vida pessoal. Um ano e meio atrás, sua noiva, Kathy Culver, desapareceu subitamente e, exceto pelos fortes indícios de que tenha sofrido uma agressão sexual, a polícia não conseguiu descobrir nada sobre sua última noite no campus da Universidade Reston.
Compre: compare preços

A expressão de Myron não mudou. Tinha conhecido Kathy Culver cinco anos antes, quando ela cursava o segundo ano do ensino médio, e já era uma beldade. Como a irmã, Jessica. Dezoito meses atrás, Kathy havia desaparecido misteriosamente do campus da Universidade Reston. Até hoje ninguém sabia onde ela poderia estar nem o que havia acontecido. A história tivera todos os ingredientes prediletos da mídia: estudante bonita, noiva do astro do futebol americano Christian Steele, irmã da romancista Jessica Culver, e ainda um forte indício de violência sexual como tempero extra. A imprensa não pôde se conter. Atacou a história como esfomeados se lançariam a uma mesa de banquete.

Avaliação:
Christian Steele, o principal atleta do empresário Myron Bolitar está prestes a ser contratado por um grande time de futebol americano, quando de repente recebe pelo correio uma revista pornográfica com uma foto de sua noiva Kathy em um anúncio de disque-sexo. Entretanto, Kathy Culver está desaparecida há 1 ano e meio, num caso não-solucionado pela polícia. Uma das poucas pistas existentes traz suspeitas de que seu desaparecimento esteja associado a um possível estupro.
Três dias antes, Adam Culver, o pai de Kathy, é assassinado durante um latrocínio, conforme conclusões da polícia. Porém, nem Myron nem Jessica, sua ex-namorada e irmã mais velha de Kathy, conseguem aceitar que este crime tenha sido por acaso.
Kathy está viva? Por que uma foto sua apareceu em uma revista pornô? Quem está querendo prejudicar a carreira de Christian? O assassinato do pai de Kathy tem relação com seu desaparecimento? O que aconteceu na noite em que Kathy desapareceu?
Para descobrir a verdade acerca de todas estas perguntas – e muitas outras que surgirão no caminho – Myron, seu melhor amigo Win e Jessica mergulharão de cabeça nesta investigação. Além dos fatos relacionados aos crimes, que outras verdades eles descobrirão?

Já fazia algum tempo que eu não lia um livro assim, que me fizesse atropelar totalmente as palavras durante a leitura, na ânsia de saber o que vai acontecer. A trama é excelente, os acontecimentos são perfeitamente interligados e o autor vai “soltando” as informações dentro de um enredo que praticamente aprisiona o leitor! Fome, sono e vontade de fazer xixi muitas vezes não foram suficientes para me tirar da frente do livro! E quantas vezes tive que retornar ao topo da página para reler tudo, depois de voar apressada por cima das letras? Eu não tenho a prática da leitura dinâmica, mas agia como se tivesse, tamanha era a curiosidade.
Outro ponto que achei interessante foi o tamanho do livro. O autor conseguiu montar uma história de suspense muito bem estruturada em 271 páginas, o que não achei muito, se for comparar com algumas “bíblias” que existem por aí. Talvez isso tenha seu lado bom e seu lado ruim, uma vez que queremos saber logo a solução final de todo o mistério, mas também quando acaba, fica uma sensação de que tudo passou tão rápido.

Enfim, achei este livro perfeito e agora entendo o quão merecedor o autor é de todo esse sucesso.
Quebra de Confiança

Veja também:

    12 comentários para “[resenha] Quebra de Confiança”

  1. ana disse:

    ja li oito dele confie em mim , não conte a ninguém , cilada , refugio , uma questão de segundos , cilada alta tensão e quando ela se foi amo excelente autor vou ler todos

  2. Maria Cristina A. Aragão disse:

    Ainda não li nada dele, mas parece bem excitante. Quem sabe eu não ganho na promoção?

  3. Muito bom quando pegamos um livro onde praticamante devoramos as folhas. Anotei a dica.
    Bjs, Rose.

  4. FernandaSouza disse:

    Todos dizem que os livros de Harlan Cobem são maravilhosos, me sinto uma estranha por não ter lido nada dele ainda.
    Lia faz tempo que não leio nada do gênero, mas a sua resenha me fez decidir que esse será o primeiro livro do autor que eu lerei, parece maravilhoso.
    Beijos
    Leitora Incomum

  5. Aleitora disse:

    Oi Lia! :)

    Eu entendo bem como você deve ter se sentido durante a leitura, é realmente difícil encontrar histórias que despertem esse ritmo frenético de leitura ^^, normalmente eu encontro alguns trechos assim, mas o modo como você fala do livro parece que ele realmente traga o leitor, o transporta…

    Fiquei com muita vontade conhecer a obra do autor, é legal quando uma narrativa nos desperta desse modo, para mim, é como se meu cérebro liberasse adrenalina rs *.*

    Muito bom sua resenha, transmite bem a mensagem de que é uma excelente leitura!

    Até mais!
    :*

  6. AmandaMag disse:

    NAO TINHA OUVIDO FALAR NESSE LIVRO AINDA,MAS AMEI MUITO E ADOREI SUA RESENHA,MEUS PARABÉNS.

    TO TE SEGUINDO JA.SEGUE O MEU BLOG ? É O NOVIDADES LITERARIAS.

    BJINNN…

  7. Samantha disse:

    Acredita que nunca li Harlan? Tem um monte na Biblioteca da minha cidade, mas eu nunca peguei pra ler. Agora se vc disse que te fez atropelar as palavras de ansiedade vou correr catar um, deve ser muito bom mesmo. Adoro livros eletrizantes *-*
    bjks
    Sam
    @BEmpoeirada

  8. Kelly disse:

    Todo mundo já leu Harlan Coben, menos eu rsrs
    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa, Lia!
    Beijos!

  9. WilLDuarte disse:

    Ei Lia,

    li a alguns dias Alta Tensão, que também é um dos livro sobre o Myron e senti o mesmo que você! *-*
    Eu não conseguia parar de ler, MUITO BOM MESMO!
    Estou bastante ansioso para ler outros livros do Harlan e Quebra de Confiança está na lista, sem dúvida alguma!
    Ótima resenha, só aumentou ainda mais minha vontade de ler! :D
    Abraço!

  10. MonicaSantos disse:

    Harlan Coben esta se tornando indispensável na minha estante. Adorei ‘Alta Tensão’ e ‘Cilada’.
    E depois da sua resenha quero ler esse também.
    =P

    Beijos!!
    Print Mundi

  11. Sayaka disse:

    Hate you por escrever bem assim rs.
    Bom saber que o Cilada do Coben que li não é um caso à parte e que ele realmente tem esse ritmo meio alucinante pra escrever. É engraçado como um livro “fininho” pros meus padrões atuais consegue prender tanto a atenção. A parte ruim é que você lê muito rápido e é obrigado a comprar mais livros (ai que sacrifício rs).
    Outro autor que eu acho que você ia gostar, por seguir o mesmo estilo, é o Christopher Reich, autor de uma série, por enquanto 03 livros, que começa com A Farsa. Fica aí a dica pra um dia… rs

  12. Li o livro Não conte a ninguém deste autor, o que me deixou totalmente curiosa para conhecer os demais trabalhos dele. Agora que li sua resenha, já sei qual o próximo trabalho dele que vou pegar pra ler ^^’

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree