[resenha] 72 Horas para Morrer

2 de março de 2012 - sexta-feira - 14:43h   ¤   Categoria(s): Literatura nacional, Policial, Resenhas, Suspense / Ação

72 Horas para MorrerTítulo: 72 Horas para Morrer
Autor: Ricardo Ragazzo (autor parceiro)
País: Brasil
Ano: 2011
Editora: Novo Século
Páginas: 254
Sinopse: Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você!
“O carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.
Compre: compare preços

- Moço, por favor, eu lhe peço… Eu lhe imploro… Poupe meu filho.
- Júlio, está vendo esta faca? Esta aqui é a “minha” namorada. Minha cúmplice. Não tão bonita ou talentosa quanto a sua. Não chega perto disso. Porém, é companheira, obediente, leal. Qualidades não tão valorizadas hoje em dia. Acho que eu e as duas faríamos um belo ménage à trois. O que você acha?
- Não, moço! Meu bebê! Tire esta faca da minha barriga… Por favor…
- Está vendo isso, Júlio? Hein? Vê esse sofrimento? Isso tudo é culpa sua. Esse sangue ficará em suas mãos, não nas minhas. Está me ouvindo? Em suas mãos! Bem-vindo ao seu maior pesadelo!
CLIQUE.
A tela, então, escureceu sem revelar mais nada.

Avaliação:
Júlio Fontana, delegado da cidade de Novo Salto, recebe um chamado sobre um carro abandonado encontrado em um posto de gasolina. O carro é de sua namorada, Agatha. Dentro, um envelope endereçado a ele, contendo um pen drive com um vídeo. Nele, Agatha é ameaçada pelo sequestrador. Está grávida. Ia para Novo Salto contar a feliz novidade a Júlio.
Após algumas investigações, tendo somente o vídeo como pista, o delegado consegue descobrir o local do seu cativeiro, apenas para encontrar a namorada morta, com um jarro nas mãos. Mergulhado no formol, estava seu filho, uma pequena semente.

É dessa forma, intensa, com um crime chocante, que começa o livro “72 Horas para Morrer”. Entretanto, este é apenas o primeiro dos brutais assassinatos relacionados à vingança contra Júlio Fontana. Os detalhes da crueldade e insanidade são de impressionar, o que me fizeram refletir se eu teria estômago para assistir a uma fiel adaptação cinematográfica do livro.

O enredo é muito bem estruturado e a sequência da narração tem um ritmo frenético que não deixa o nível de tensão cair ao longo da leitura. Além disso, o autor vai montando a história de forma a acumular os fatos e acontecimentos, sem revelar quase nada da solução do caso, como se fizesse o leitor aguardá-lo para um ápice no final, onde tudo será esclarecido.

Pequenos detalhes nesta história que me agradaram muito e chamaram a atenção foram os nomes de alguns personagens como Teotônio Saldanha, Tarso Medeiros, Miguel Romero, Virginia Góes e Patrício Pontes, e alguns elementos típicos, como a combinação clássica café + rosquinha + delegacia de polícia. Tudo isso me fez pensar em seriados policiais da televisão brasileira nos anos 70 ou 80. Sei que não faz sentido, pois nasci em 1981 e nunca fui de assistir a tais seriados, mas é uma sensação interessante que eu tive e não poderia deixar de citar.

O livro em si tem uma capa sinistra e elegante, com folhas daquele tipo amarelado, confortável para leitura.
72 Horas para Morrer

Veja também:

    9 comentários para “[resenha] 72 Horas para Morrer”

  1. Parabéns pela resenha!
    Só não curti mais porque rolou spoiler. Gostei bastante do livro, exceto o final.

    Beijo,

    Wanessa Guimarães
    http://www.estanteseletiva.com

  2. Giil Almeida disse:

    Poxa, essa história aí parece de arrepiar.
    Eu não costumo ler livros assim, meu suspense é Ágatha Christie e Sherlock Holmes e paramos aí. :D

    Bjos!

  3. Oi Lia!
    Eu não gosto de livro de Serial Killer não :(
    Vou “ter” que ler um esse mês para o Desafio Literário e tô com medinho, começando a enrolar pra ler … mas que bom que você gostou, é uma boa dica para os fãs do gênero!!!
    Beijos…Elis Culceag.

  4. Gleice disse:

    Certeza que quero ler esse livro! Adoro essa temática de crimes, etc. A capa realmente é de dar calafrios, rs. A parada deve ser tensa! Quero ler!

    Beijos

    Gleice
    @MPessoais
    http://www.murmuriospessoais.com

  5. Acabo de decidir que não lerei o livro. Tinha umas dúvidas sobre o seu conteúdo e as tirei agora.
    DEUS me livre desses brutais assassinatos, eu não conseguiria terminar a leitura, certeza.
    Apesar de parecer um livro muito bom, não tenho estômago para isso.

    Beijos
    Leitora Incomum

  6. Sayaka disse:

    La la la, eu que-e-ro!! rs
    Voce lendo thriller pra mim é uma coisa meio inédita, normalmente quem adora livros pingando sangue das páginas sou eu. Ainda preciso te emprestar o Hater, queria ver a resenha que você faria de um dos livros mais “UA-AAAAUUUU não tenho palavras para descrever” que já li.
    Acho que depois dessa sua resernha que não me chamou nem um pouco a atenção serei obrigada (é, obrigada de agradecida também Lia rs) a ir atrás do livro e comprá-lo XD
    By the way, inveja do jeito que você escreve sô! rs
    Bjuus!!

  7. Lilian Darini disse:

    Nossa… que triste o bebe…imaginei a cena e já me vi chorando… sou muito mole!!!! rs

    Bateu curiosidade sobre o caso, quer dizer, o livro!!!

    Bjoss

  8. jacqueline disse:

    Nossa, parece ser bem pesado esse livro.
    Mas eu adoro thriller, ainda mais sendo nacional.
    O nome dos personagens realmente é um tanto esquisito…rs Teotônio Saldanha rs
    Mas ja entrou pra listinha.
    Bjos

  9. Thyeri Bione disse:

    Esse livro parece ser muito bom. Gosto de thriller policial, e esse parece ser muito bem construído. Enquanto eu estava lendo me veio à cabeça o filme Seven – os sete pecados capitais. Não faço ideia se é parecido, mas lembrei do filme. O livro entrou na minha lista de leitura, com certeza.

    Bjo,
    restaurantedamente.com

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree