[resenha] Contos de Fadas Norte-Americanos

10 de abril de 2012 - terça-feira - 17:38h   ¤   Categoria(s): Aventura / Fantasia, Infantojuvenil, Literatura estrangeira, Resenhas

Contos de Fadas Norte-AmericanosTítulo: Contos de Fadas Norte-Americanos
Título original: American Fairy Tales
Autor: L. Frank Baum
País: EUA
Ano: 1901
Editora: Martin Claret
Páginas: 118
Sinopse: L. Frank Baum é autor do famoso Mágico de Oz. Este é outro livro seu que também encanta pelas histórias surpreendentes, pelo humor e fantasia que nelas se acham perfeitamente conjugados. É o caso do conto “A captura do Pai-tempo”, uma história maravilhosa na qual um menino caubói prende com seu laço o Tempo. O mundo todo para de movimentar-se, e os acontecimentos que sucedem são repletos das ações e aventura que o menino leva avante para brincar com o seu prisioneiro e com as pessoas da cidade onde ele vive. Os demais contos, doze ao todo, possuem o mesmo ritmo aventuroso e mágico e surpreenderão tanto as crianças quanto os adultos.
Comprar: Livraria Cultura Livraria Saraiva Fnac Livraria da Travessa

[...] Aqui estão alguns bombons mágicos. Depois de comer este cor de alfazema, poderá dançar com leveza e graça, como se tivesse sido treinada para isso a vida toda. Depois de consumir o bombom rosa, cantará como um rouxinol. Comer o branco vai capacitá-la a tornar-se a melhor oradora da face da Terra. O bombom de chocolate vai enfeitiçá-la para tocar piano melhor que Rubenstein; depois de comer o bombo amarelo-limão, poderá facilmente elevar sua perna um metro e oitenta centímetros acima da cabeça.

Avaliação:
“Meus livros são destinados a todos aqueles cujo coração é jovem, não importa qual seja a idade que tenham.” Assim disse L. Frank Baum, o autor deste livro e também do clássico O Mágico de Oz.

Os 12 contos deste livro são povoados de seres ou itens fantásticos, como duendes, um besouro falante que ajuda uma família humilde, uma manequim de vitrine ou um cachorro de vidro que ganham vida, bombons mágicos que fazem a pessoa que os comer adquirir habilidades artísticas, ladrões italianos que estavam guardados dentro de um pequeno baú, entre outros.
São histórias deliciosas, com as quais você simplesmente volta a sentir o encantamento que a magia e a inocência da infância proporcionavam. Os enredos são simples, muito bonitinhos, com lições e ensinamentos, e sem grandes tramas e complicações inerentes ao mundo adulto. Você lê e se diverte de forma pura, leve, como se voltasse a ser criança de novo!

O livro é pequeno, naquele tamanho pocket, e com poucas páginas, o que faz dele uma excelente emergência para viciados, para carregar na bolsa / pasta /mochila sem pesar muito e lê-lo rapidinho quando houver poucos minutos de tempo livre.
Pessoas inquietas como eu, que se distraem facilmente, talvez tenham problemas para ler mais de um conto na sequência, justamente por causa da quebra existente entre uma história e outra. Não é como um livro contínuo, onde você não percebe que, de repente, leu 50 páginas sem querer. Mas de qualquer forma, sugiro não ter pressa para ler, pois é o tipo de livro que você saboreia devagar, como se fosse uma bolacha recheada que você abre em duas fatias porque assim ela fica mais gostosa.
Contos de Fadas Norte-AmericanosOutras capas:
Contos de Fadas Norte-Americanos Contos de Fadas Norte-Americanos Contos de Fadas Norte-Americanos Contos de Fadas Norte-Americanos

    6 comentários para “[resenha] Contos de Fadas Norte-Americanos”

  1. Giil Almeida disse:

    Eu amo contos. *-*
    Estou lendo um livro com as versões originais dos Contos de Fadas Clássicos.
    Tem meus prediletos inclusive os, amados, que viraram filmes lindos, e que marcaram minha infância, da Disney, amo filmes da Disney! :D
    Vou adicionar esse as minhas futuras leituras, boa dica.

    Bjos,
    Verbologia Pink

  2. Eu quero ler esse Lia. Ando precisando de um desses para passar uma tarde de domingo bem acompanhada.

    Beijos
    Leitora Incomum

  3. Ah, quero ler. Adoro!

  4. Rafaela. disse:

    Oi Lia!
    Sou apaixonada por contos de fadas! Já me interessei pelo livro!
    Adorei a resenha.

    Beijocas.
    http://www.artesaliteraria.blogspot.com.br

  5. Gabi disse:

    Nunca li O Mágico de Oz, mas tenho muita vontade. Ultimamente tenho ouvido falar muito de livros de contos, mas ainda não peguei nenhum pra ler. Acho que realmente é essa coisa de se distrair fácil ;)

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

  6. Thyeri Bione disse:

    Adoro contos de fadas. Ainda não li nada do autor, mas tenho muita vontade de ler O Mágico de Oz.

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree