[dica] Controlando a compulsão #1

5 de julho de 2012 - quinta-feira - 17:31h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor, Dicas

compulsão livrosDesta vez, o post de dicas vem do avesso!
É, rs, não são dicas de livros, mas sim dicas para evitar comprar livros e dar aquela brecada na sua louca compulsão.

Resolvi fazer este post porque eu mesma vivo lutando pra não transformar as livrarias nos meus templos de perdição. Já fiz milhares de apostas e acordos comigo mesma, já pensei em milhões de jeitos pra não deixar a fila aumentar tanto.
“Ah, mas Lia, a sua fila é gigante e tá sempre aumentando. Então suas dicas não funcionam!”
Bem… elas funcionam sim, desde que você as cumpra! Hahahaha! E esse é justamente o meu problema.

De qualquer forma, vou passar pra vocês o que eu já tentei. Vejam se dá certo pelo menos com vocês! XD

» A cada x livros lidos, ganho o direito de comprar 1
Acho que essa é uma das regras mais simples, e ousaria dizer que vários viciados já devem ter tentado este truque. Eu sugeriria que o ideal seria trocar de 3 a 5 livros lidos pelo direito de comprar 1. Menos que 3 é roubalheira. Mais que 5 é insano e você vai enlouquecer antes da primeira tentativa.
Variação: usar a quantidade de páginas como “unidade”. De 3 a 5 em troca de 1 também é o ideal.

» Comprar 1 vez por mês, mas com um fator limitante
Eu vi uma dica neste estilo, e não lembro em que blog foi. Por favor, se alguém souber me informar, me avise que eu dou os créditos da ideia.
Faça compras de livros uma única vez por mês. Determine a data e estabeleça o limite. Ex: Hoje é dia de comprar livros, mas vou comprar no máximo:
- 3 livros ou
- 600 páginas ou
- R$ 70,00
O legal (e torturante) é que você pode passar horas na livraria tentando otimizar sua compra de acordo com o fator limitante. “Das 600 páginas que tenho de limite, prefiro gastar em livros mais grossos ou mais finos?”

» Evite perder a cabeça em promoções ou sebos
Mulher quando vê uma liquidação, vai e se joga na loja, compra um monte de coisa e acaba não usando metade. Eu percebi cedo que isso nunca funcionou comigo para roupas. Sempre preferi pagar caro, dolorosamente caro por uma peça que eu realmente queria muito, que servia no meu corpo com perfeição, do que comprar qualquer coisa só porque está barato e depois “Ai, nem era tão legal assim essa calça”.
Acho que o mesmo raciocínio funciona para livros, em promoções de lojas ou preços baixos de sebos.

» Ler os livros mais finos
Hahahahaha!! Essa é a dica mais cara-de-pau dessa lista! Trapaça total! Mas não deixa de ser válida!
É ótima para quem quer diminuir o tamanho da fila de forma rápida e se sentir mais leve. Mas tenha ciência de que esta sensação é temporária, pois mais cedo ou mais tarde, você vai ter que enfrentar os livros gordões e sua fila não vai andar tão rápido assim.

 
E aí? Qual dessas dicas você encararia? Você tem algum método de controle de compulsão também?

Veja a edição nº2 destas dicas, aqui.

    10 comentários para “[dica] Controlando a compulsão #1”

  1. Pedro_Almada disse:

    Hhahahah adorei as ideias!
    realmente, não é nada fácil resistir a essas compulsões.
    Esses dias mesmo, caminhando pelo centro do Rio, entrei num sebo, guiado pelo desejo insano de gastar dinheiro com livros… Eu estava guardando dinheiro para comprar um livro que tava na minha lista há muito tempo, mas quando vi “Tequila Vermelha” por 15 reais, eu não resisti. Pior, eu nunca li uma resenha a respeito (não que eu me lembre), não li nem mesmo uma sinopse. Simplesmente vi a capa bonita e comprei. Insanidade pura, quase doença!!!!
    Mas parei, agora só vou ler e, apenas quando tiver lido pelo menos uns dez livros (sério, tenho mais de trinta livros na minha fila!) vou comprar alguma coisa.

    Mas olha, falando das dicas, eu não conseguiria ler livros finos. Prefiro os mais rolições, gordões mesmo sabe rs
    Eu tenho uma ideia: peça dica para os amigos. Eu passei por isso, recebi dicas muito divergentes, fiquei tão confuso quanto ao que comprar que, no fim de umas três semanas, consegui decidir o que comprar hahaha

    ótimo post, legal mesmo =)

    Pedro Almada – Inspirados, O Berço das Grandes Ideias!
    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com.br

  2. Oi Lia!

    Nossa, sei como é tentar refrear o consumo e no começo dói pra caramba, é muito dificil rs. Eu costumo usar a dica do fator limitante. Estabeleci um valor x e não o ultrapasso de jeito nenhum (salvo em caso de promoção iiiiiiimperdível daquele livro caro há muuuuito tempo almejado)! No começo foi tortura, mas agora eu já entrei no ritmo. Ótimo post o seu, para os pobres viciados em livros rs.

    Bjs!

  3. Lilian disse:

    Um jeito meu de controlar a compra é juntar um número de livros lidos, no meu caso uns 06 a 08 livros, e depois trocar em algum sebo bacana por outros livros. Além de adquirir novos livros, acho que ajudo o sebo com a rotatividade de livros.
    Depois vi que a estante virtual lançou uma campanha de Leitura sustentável – http://www.estantevirtual.com.br/leiturasustentavel/ – que tem a ideia que eu mencionei em cima.
    Porém, devo admitir que meu coração palpita e meus olhos brilham quando vejo uma promoção na Submarino/Saraiva/Fnac de livros de R$ 9,90 ou frete grátis. Será que sou normal? Rss.
    Abs

  4. Sayaka disse:

    “Ler os livros mais finos”…. Pq será que eu senti como se a coisa fosse diretamente voltada pra mim só pq fiz isso com os livros do Patterson? kkkkk

    Que nada! Ri paca muié!

    Olha só… eu tenho uma dica pra você que tá funcionando comigo… NÃO vá passear na Saraiva, Cultura, sebos etc e NÃO olhe pras promoções nos sites da Saraiva, Cultura, Submarino, Americanas etc (onde aliás eu só abri cadastro pra comprar livros, e só livros rs). Funciona? É.. pra mim funciona… por enquanto… ou é pq tô me guardando fielmente pra Bienal… rs

    Falando sério… eu estabeleci como regra que só comprarei livros quando os não-lidos estiverem acabando. Normalmente, quando só tenho 1 ou 2 na fila. Mas não é a única regra. Pra cumprir a primeira, não posso ler como se fosse uma morta de fome esganada que quer engolir tudo de uma vez. Você me conhece, sabe que isso é difícil rs. Se eu pudesse, lia 1 livro por noite. Pena que tenho que dormir…. XD

    Pra cumprir a segunda regra, eu só posso ler no metrô ou no ônibus. Admito que quando o livro está muuuuito bom eu não me seguro e leio em casa, mas ultimamente estou me controlando bem. E também quebro essa regra quando faltam tipo umas 10 páginas pra acabar. Ninguém merece estar no meio do caminho pra casa e acabar a diversão né?

    Mas depois que consegui começar a cumprir as duas, estou indo bem. Cada livro dura em torno de 1 ou 2 semanas. Quem sabe até chegar a Bienal eu ainda não PRECISE comprar livros…

    Ah… esqueci…. vale quebrar uma regra quando você precise se dar um presente? É que se eu conseguir sair cedo do trampo, tipo, no horário, amanhã, tava pensando em passar no shop e me dar um frappuccino e 01 livrinho beeeemm pequenininho de presente… =)

  5. Olá!
    Bem, eu não sou viciada em compra de livros. Ano passado eu fiz 3 ou 4 compras e esse ano, apenas uma (SUBDAAAY).
    Em compensação, eu participo do grupo Livro Viajante, no Skoob. Como entro na lista de muuuitos livros, a fila de livros que possuo não diminui (esse ano li 23 livros = 20 viajantes + 3 meus). Até mesmo para não aumentar a lista de livros que tenho e não li, envito comprar.
    Eu penso assim: “Os meus livros, eu posso ler qualquer em tempo. Os viajantes, estão lá até certo tempo e depois vão voltar para o dono.” Em resumo = CORRE, SE INSCREEEVE!
    Eu tenho que parar de me inscrever para poder ler os meus livros, mas é difícil, porque me inscreve em livro que quero ler, e logo, não terei que comprar, posteirormente (a não ser que sejam muuuito bons e queira para a minha estante).
    Enfim, talvez utilize as suas dicas em relação aos viajantes (vou pensar em um modo de adaptá-la). Mesmo que não consiga esse ano, mas em 2013 EU TENHO QUE LER OS MEUS LIVROS! (aí eu poderei comprar mais, hahaha)
    CLAAARO, Bienal, com certeza vou comprar alguma coisa (dependendo se os preços forem bons).
    Beijos!

  6. Leila disse:

    Ri muito com o post!
    Eu sempre tentei fazer a primeira dica, mas aí eu trapaçeava muito!rs.. Por exemplo, tinha que ler 4 livros pra comprar 1, aí quando eu terminava o 3º já comprava pq até chegar eu ia ler o 4º, é claro que isso nunca acontecia!rs..
    A tentativa de comprar um livro, por exemplo, também nunca funcionou. Afinal, quando você compra mais que um livro fica mais barato..rs.. cara-de-pau né?rs..
    Enfim, meu maior segredo é não ter dinheiro!rs..rs.. e ter alguém pra me frear!rs..
    Mas na Bienal eu tô liberada! É a primeira vez que vou e não quero nem ver!rs..
    Beijo

  7. Isabel disse:

    Ótimas dicas. Tenho que seguir imediatamente porque os livros estão tomando conta de cada cantinho do meu quarto. Gostei da segunda sugestão, atualmente compro livros duas vezes por semana (o que ainda é insano), preciso de restrições!

    OB.

  8. Oi Lia!
    Adorei o post, ri muito!!!
    Essa trapaça dos livros mais finos eu deixo pra quando o livro que estou lendo é muito grosso e não quero ficar muito tempo sem postar resenha no blog rsrsrs… #meentreguei
    Beijos… Elis Culceag.

  9. Giani Plata disse:

    Oi Lia Lindaaaaa!!!

    Kkkk

    “Ah, mas Lia, a sua fila é gigante e tá sempre aumentando. Então suas dicas não funcionam!”

    kkkk

    #QUEDÓ

    O problema é que a gente se esforça, mas a tentação é muito grande!

    Essas promos de sebos são as piores! Tem um sebo fisico/virtual que sempre põe tudo pela metade do preço e de vez em quando libera frete grátis…
    Como posso me segurar???
    Gasto horrores!!!

    Essa de ler o livros fininhos eu ja tentei… kkk
    *OK SOMOS TRAPACEIRAS DESCARADAS!*
    Mas se não for assim a fila num anda!!! Aliás… Num Diminui!!!!

    Vc viu meus métodos drásticos não é!? kkkk
    Estou em tratamento de choque!
    São tantos lançamentos e eu ainda estou na metade da primeira caixa! :O
    Acho que não vou suportar!
    Estou me segurando para comprar bastante na Bienal.
    Mas será que realmente vale a pena?
    Os preços são realmente bons por lá?!
    Ou será que a economia vai ser só no frete????
    Ó duvida!

    Aliááás… Vc vai na Bienal?
    Eu vou no dia 11 com minha irmã e minha prima!
    Meu marido quer ir também para não correr o risco de eu fugir no trailler de alguma editora… kkk

    Beijokas!

  10. Samantha disse:

    Ainnnnnnn estou seguindo essas dicas na marra, tô fazendo um estágio e todo o meu rico dinheirinho tá indo pra pagar transporte e contas, livros que é bom não consigo comprar quase nada, o que tenho feito é dar preferência pra alguns que quero muito mesmo e faz tempo, mesmo que sofra horrores :(

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree