[cabra] Textos com origem na reflexão morte-cabritística

4 de outubro de 2012 - quinta-feira - 09:24h   ¤   Categoria(s): Cabra

Morte da cabritaMacho adulto: bode. Fêmea adulta: cabra. Macho filhote: cabrito. Fêmea filhote: cabrita.
E é na morte dessa última que a gente às vezes fica pensando. Seu espírito inspirador sempre nos traz boas ideias, principalmente durante o banho. Por que ainda não inventaram uma lousa de chuveiro para anotar nossos insights tão geniais? Se bem que… o planeta agradeceria se não aumentássemos o gasto de água.

O fato é que eu tenho vontade de escrever uns textos de vez em quando. Nada muito rebuscado, nada muito ultra-cult e muito menos com a intenção de ser a palavra final sobre o tópico abordado. São basicamente pensamentos morte-cabritísticos que ultrapassaram 140 caracteres e não dá para tweetá-los. O assunto, lógico, será relacionado ao mundo literário. Eu até já andei escrevendo alguma coisa, como o texto sobre as manias que leitores têm, ou sobre o leitor intermediário (por sinal, preciso dar continuidade na série).

Para não deixar os próximos textos perdidos pelo blog, eu resolvi abrir uma seção onde poderia encaixá-los. Cabra vai ser o nome, pra simplificar a coisa. Não vai ser “Morte da Cabrita” porque fica muito comprido. E não vai ser só “cabrita” porque fica com uma conotação tosco-erótica. O mascote vai ser esse bixím bunitu aí no topo à direita.

Espero que vocês gostem dos textos que pretendo escrever. Ou mais do que isso, espero que eles gerem discussões, reflexões e, quem sabe, identificação, como foi o caso de Manias de Leitor.

O primeiro texto sai do forno ainda hoje!

Obs: Procurei no Google a origem da expressão “pensando na morte da cabrita”, mas não encontrei nada. Alguém sabe?

Veja também:

    4 comentários para “[cabra] Textos com origem na reflexão morte-cabritística”

  1. Lia, a expressão que eu conhecia era “pensando na morte da bezerra”, assim como a Leila disse.
    Outras expressões podem ser vistas em:
    http://www.vocesabia.net/curiosidades/curiosidades-sobre-expressoes-populares/
    Beijos!

  2. Giil Almeida disse:

    Oi Lia!
    Que legal chegar aqui e encontrar novidades!
    Primeiro tenho que dizer que amei o desenho da cabra! kkkkkkkk
    Segundo, mas não menos importante, amei a ideia! Super criativa e post ficou muito divertido.
    Conheço a expressão das duas formas: bezerra e cabrita. kkkkkkkk
    Bom, vou correndo lá o primeiro post da seção. :)

    Bjos!

  3. Leila disse:

    Gostei do primeiro texto já! =)
    Quanto a expressão, eu sempre falei e ouvi “pensando na morte da bezerra” que, segundo o google, tem a seguinte origem:

    “A história mais aceitável para explicar a origem da expressão é proveniente das tradições hebraicas, onde os bezerros eram sacrificados para Deus como forma de redenção de pecados. Conta-se que certa vez um rei resolveu sacrificar uma bezerra e que seu filho menor, que tinha grande carinho pelo animal, opôs-se. Independentemente disso, a bezerra foi oferecida aos céus e afirma-se que o garoto passou o resto de sua vida pensando na morte da bezerra. Assim, estar “pensando na morte da bezerra” significa estar distante, pensativo, alheio a tudo”.

    Agora, sobre a morte cabrita eu não sei..rs.. =)

    Beijo

  4. Oi Lia!
    Estou ansiosa pelos seus textos, vocês tem ótimos posts aqui no blog que de vez em quando dou uma olhada. Gostei do nome da coluna também, bem criativo!
    Beijos.

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree