Elementos da capa: do que você gosta?

16 de novembro de 2012 - sexta-feira - 19:13h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor

As capas são, no geral, a primeira coisa que olhamos em um livro. Por mais arriscado que seja, muitas vezes ela é simplesmente o fator que define a nossa decisão de compra.
E aí? Que tipos de “elementos” vocês curtem em uma capa?

 
Espessura da capa
Capas duras não são muito comuns no Brasil. Normalmente ocorrem em edições especiais ou de colecionador. Já os americanos parecem gostar muito mais delas, geralmente colocando junto aquela “sobrecapa” (que não sei o nome correto), que é um papel fino, formando uma orelha, mas não é preso ao livro, podendo ser facilmente retirado para facilitar o manuseio durante a leitura.
As capas duras também podem ser envoltas em couro ou tecido, dependendo do quão chique é a edição do livro.
Nós, brasileiros, estamos acostumados a comprar livros com aquela capa de papel de gramatura um pouco maior, mas ainda bastante flexível. Eu particularmente prefiro, por causa da praticidade na leitura e no transporte.
Edição em espanhol de Don Quijote: capa dura e de couro.

Orelha
A grande maioria dos livros publicados no Brasil possuem orelha, com exceção das edições econômicas. Geralmente na orelha da primeira capa está um resumo um pouco mais detalhado do que a sinopse da contracapa e na orelha da última capa está uma minibiografia do autor. Eu gosto mais de livros com orelhas. Dá a impressão de que a capa fica mais durável.
Ah, e só para lembrar: orelhas não são marcadores de páginas! =D
Madame Bovary: edição econômica e de bolso, tradicional da L&PM.

Verniz
Os livros podem ter a capa totalmente envernizada ou tê-la na maior parte fosca, apenas com detalhes envernizados. Para mim tanto faz, mas acho que fosca com detalhes em verniz fica com mais charme.
Camundo: um exemplo de verniz sem relevo.

Relevo
Os relevos geralmente estão no título, mas muitas vezes também aparecem em elementos da ilustração da capa. A grande maioria está acompanhada também de um verniz. Eu adoro, com ou sem verniz!
Claraboia: um raro relevo sem verniz.

Metalizado
Os metalizados mais comuns que encontramos são os dourados, normalmente nos títulos, que são justamente aqueles que começam a se soltar com o tempo. Também podem ser critério para escolha da edição do livro: “Ah, eu não gosto de comprar a edição econômica porque não vem com o título em dourado na capa.” Há muitos metalizados que ficam lindos, mas há alguns que são tão exagerados e sem noção de estética que ficam parecendo álbum de figurinhas dos Anos 80.
Ultimamente, tenho visto em prateado ou cinza escuro, para imitar objetos de metal na ilustração da capa. Esses eu tenho achado bem bonitos!
O Hipnotista: uma das capas mais bonitas da minha estante.

Emborrachado
Uma novidade (pelo menos aqui no Brasil) que já vem aparecendo nas capas é o estilo emborrachado. Eu achei a textura bonita, elegante aos olhos, mas achei meio estranha no tato, parecendo que a sua mão fica meio suja depois que pega um livro assim. Também me incomodei um pouco pelo fato de eu ter a mão suada e parecer que o emborrachado absorve o suor. Iéca! =D
A Resposta: o primeiro livro emborrachado que eu vi na vida.

Vocês conhecem algum outro “elemento” novo que tenha aparecido nas capas dos últimos lançamentos?

    4 comentários para “Elementos da capa: do que você gosta?”

  1. Rafaela. disse:

    Oi, Lia! :)

    AMEI o post! Muito criativo. *-*
    Aliás, as fotos são lindas.

    Bom, o que eu mais gosto são títulos em relevo. Fica tão lindo!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

  2. Oi Lia! Adorei esse post! Sempre inovando, hein? Hahaha
    Então, todo mundo fala que não suporta livro sem orelha, mas se eu parar pra pensar, isso nem me importa. Quase não vejo a orelha mesmo. :P
    Antigamente (mas bem antigamente mesmo), eu usava a orelha pra marcar as páginas, creeedo! Que bom que abandonei esse hábito horrível, hahaha

    Eu sou apaixonada por capas com brilho, então verniz e metalizado me chamam muito a atenção! As capas emborrachadas são as mais bonitas, mas isso do suor atrapalha demais! ><

    As com relevo são muito lindas, mas acho que ainda não tenho nenhuma assim na minha estante. :(
    As hardcover, com capa dura são um charme. Queria ter mais assim!

    Beijinhos!

  3. Bruno Campos disse:

    Prefiro capa dura a mole, orelhas em grandes de preferência e relevo acho bacana. Mas, não curto verniz, prefiro capas foscas mesmo.
    Ah, e tem outra coisa… indiquei você no meu blog, a responder uma Tag, para promover a campanha ‘Leia Mais, seja mais’ de incentivo a leitura do Ministério da Cultura. Sinta-se à vontade para participar ou não. Desde já, vlw ;)
    http://leitorcompartilhado.wordpress.com/2012/11/22/tag-leia-mas-seja-mais/

  4. Olá querida, tudo bem?
    Então concordo com vc sobre a capa emborrachada, parece que as mãos ficam mesmo sujas, sem falar que dá uma agonia né?!
    Sobre livros sem orelhas, eu não gosto por amassar muito e a durabilidade ser pouca.

    Amei o post !

    Beijinhos da Táta

    http://umdiaacadalivro.blogspot.com.br/
    @umdiaacadalivro

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree