[resenha] Existiu Outra Humanidade

30 de novembro de 2013 - sábado - 23:23h   ¤   Categoria(s): Literatura estrangeira, Mistério, Resenhas

Existiu Outra HumanidadeTítulo: Existiu Outra Humanidade
Título original: Existió Otra Humanidad
Autor: J.J. Benítez
País: Espanha
Ano: 1975
Editora: Planeta
Páginas: 207
Sinopse: Nesta obra, Benítez busca explicar o que ele considera a prova definitiva de que, há milhões de anos, existiu outra civilização no planeta. Mais de onze mil pedras, perfeitamente gravadas com sugestivos desenhos, dão testemunho de que certos habitantes da Pré-história tinham conhecimentos das ciências contemporâneas – biologia, botânica, náutica, astronomia. O conhecimento e as experiências deles se refletem nas pedras de Ica (Peru), cuja história é abordada neste livro.
Compre: compare preços

Essas noções precisas da anatomia de um tiranossauro, de um estegossauro, de um triceratop etc., e de seu ciclo biológico, só podem revelar um conhecimento profundo da fauna. Um conhecimento que só poderia se produzir coexistindo com esses seres.

Avaliação:
Eu resolvi comprar Existiu Outra Humanidade porque tinha lido um outro livro do J.J. Benítez, chamado O Enviado, e tinha gostado muito da proposta dele. Esses assuntos do tipo teoria da conspiração e mistérios da humanidade sempre me interessaram muito, não importando se são verdade ou mentira, afinal, eu sempre tendo a acreditar que possam ser verdade, hahaha!

Existiu Outra Humanidade afirma que, entre 200 milhões e 65 milhões de anos atrás, houve na face da Terra uma população de seres muito parecidos com os humanos, inteligente e supostamente muito mais evoluída que a nossa espécie atual.
O defensor principal desta teoria é o peruano Javier Cabrera Darquea, que encontrou, na década de 1970, em seu país, milhares de pedras com ilustrações nelas gravadas. Tais pedras pareciam ter a intenção de fazer o papel de livros, onde todo o conhecimento dessa humanidade foi depositado. São mostrados desenhos de animais pré-históricos, cartas celestes, mapas (aparentemente dos continentes da Terra naquele período), cirurgias, transportes aéreos, fontes de energia, entre outros. Segundo Cabrera, estes seres conviveram com os dinossauros, sabiam como fazer transplante cerebral e saíram do planeta quando previram que um grande cataclismo, causado por eles mesmos, estava para acontecer.

Se todas estas pedras são realmente verdadeiras, eu nunca vou saber dizer. Uma grande dúvida que ficava pairando sobre a minha cabeça era em relação a este livro ter sido escrito em 1975. Se o assunto é tão antigo assim, já deveria ter sido confirmado ou desmentido. Entretanto, eu dei uma pesquisada na internet e não encontrei nada muito conclusivo ou confiável, seja para “sim” ou para “não”. De qualquer forma, é bastante intrigante e provocador parar pra pensar que podemos não ter sido os primeiros seres “inteligentes” a habitar este planeta e, pior, que esta outra espécie era muito mais avançada que nós, em termos intelectuais, tecnológicos e até espirituais. Se tudo isso for verdade, onde fica o egocentrismo da nossa humanidade? Onde fica a nossa certeza de que somos ultraespeciais, únicos no universo, milagres da vida, topo da cadeia evolutiva?

É uma leitura que vale muito a pena pela reflexão que ela provoca e pela maneira de pensar que ela demanda do leitor. Se você tem a mente aberta, com certeza vai se divertir, digerindo com facilidade tudo que essa outra humanidade foi capaz de fazer.

Este livro foi a meta de outubro do Projeto Variedade Literária.
Existiu Outra Humanidade

    2 comentários para “[resenha] Existiu Outra Humanidade”

  1. Bruna Araújo disse:

    *___* Gostei! rs

    Fiquei morreeendo de vontade ler, Lia!Sério, muito interessante!
    Sei que não tem nada a ver o que vou falar,mas fiquei pensando… bem que o Dan Brown podia escrever um livro abordando esse assunto. Será que ela já escreveu? O.o

    Não sou exatamente do tipo cética, mas também não tenho a mente propensa a acreditar nisso tudo, se bem que não seria nenhuma graaaande surpresa se fosse verdade.

    O que me fez parar e dizer “como assim?”, foram duas coisas que você mencionou: 1- Transplante cerebral O.O’ (!?!) e 2- Saíram do planeta?… ok! eu até que já tinha ouvido falar em algo do gênero “civilizações anteriores”… mais adiantadas até, etc e tal, mas que eles teriam saído do plante antes do “fim”, eu não sabia O.o

    Sua resenha não me fez querer ler esse livro, como já aguçou minha criatividade (existente, mas nada concreta no quesito “vamos escrever algo sobre isso”), queira ler livros de ficção sobre o assunto ^.^

    Conte-nos mais sobre isso *.*

    :*

  2. Edu Pepe disse:

    Muito bom mesmo!

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree