[tag] 5 livros que eu gostaria de viver

29 de março de 2014 - sábado - 13:35h   ¤   Categoria(s): Selos/memes

Fui indicada pela queridíssima Leila, do blog Follow The Book Leaves, para essa tag!

Eu nunca tinha parado pra pensar de verdade quais seriam os livros que eu gostaria de viver. A gente se encanta com vários, suspira, se apaixona pela história ou pelos personagens, mas estar dentro do livro ou ser o protagonista dele? Nunca tinha me passado pela cabeça! Adorei esse “exercício”! =)

 
Vamos às minhas respostas:

Um Gato de Rua Chamado Bob5. Um Gato de Rua Chamado Bob
James Bowen

Se formos parar pra pensar na trajetória de vida do James Bowen, tendo como referência o conforto da nossa sala com carpete, é claro que não gostaríamos de ter passado pelo que ele passou. Mas a mudança de rumo que aconteceu depois que ele encontrou Bob é de encher o coração com os sentimentos mais nobres. A forma como a presença e amizade de Bob ajudaram James na superação do seu grave problema com as drogas e na retomada do controle de sua vida é de matar qualquer amante de gatos de inveja, rs.
E o Bob em si é lindo, maravilhoso, inteligente, amigo, leal, perfeito! Os “causos” contados no livro quase me faziam bater a cabeça na parede, de tão incríveis que eram!
O melhor de tudo, nesse livro, é que se trata de uma história real.
A resenha está aqui.

 
Alma?4. Alma?
Gail Carriger

Ah, para, né? Alexia Tarabotti é tudo de bom! Ô mulher poderosa, maravilhosa! Confesso que eu realmente iria adorar ser como ela e viver o que ela vive!
Se tem uma história para qual eu posso estufar o peito e falar “Sim, é um livro sobre vampiros e lobisomens e É BOM”, é a da série O Protetorado da Sombrinha, da qual Alma? faz parte.
Eu só não poderia dizer que a Alexia é a cereja do bolo porque ela é muito mais que isso. É a personalidade dela que dá o tom delicioso na fluidez do texto. Com certeza ela é uma das minhas personagens favoritas de todos os livros que já li.
A resenha está aqui.

 
Uma Prova do Céu3. Uma Prova do Céu
Eben Alexander III

Eu estava relendo a resenha desse livro, que eu me lembro de ter ficado bem legalzinha. Eu começo ela com “Talvez este tenha sido o melhor livro sobre espiritualidade que eu li até hoje”.
Assim como na história de James Bowen, é lógico que eu não gostaria de ter ficado doente como o dr. Eben ficou, mas fiquei com uma inveja realmente grande dele, pela oportunidade que ele teve de “conhecer a verdade”. Eu me considero uma pessoa bastante espiritualizada, sem me prender a nenhuma religião. E eu sou assim porque busco muito essa tal verdade, o que me faz preferir me distanciar de qualquer coisa definida pelo homem.
O livro é super bem escrito mas, como disse o próprio autor, não é possível descrever em palavras o que ele viu, sentiu e aprendeu.
A resenha está aqui.

 
A Resposta2. A Resposta
Kathryn Stockett

Essa história é maravilhosa e triste ao mesmo tempo. Faz a gente pensar demais sobre as bobagens que a humanidade já teve como verdade, mas também dá um certo alívio de perceber que estamos evoluindo (a passos de tartaruga, voltando para trás algumas vezes, mas enfim…) na forma de pensar.
Para mim, tanto faz ser qualquer uma das 3 personagens principais ou até mesmo aquela loirinha peituda, meio tonta, mas muito carismática e de bom coração. São todas mulheres muito corajosas, que tiraram o traseiro da cadeira para fazer a diferença. Questionaram “verdades” profundamente enraizadas e contribuíram para arrancar as pessoas do torpor em que vinham vivendo.
É um livro que vale muito a pena ser lido, não só pela história, mas pelo texto em si.
A resenha está aqui.

 
Admirável Mundo Novo1. Admirável Mundo Novo
Aldous Huxley

Aaaah, o meu livro preferido há 9 anos! Nenhum conseguiu superar! Nenhum conseguiu me arrebatar da forma que ele o fez!
Talvez isso seja algo relativo, talvez eu fosse mais ingênua ou uma leitora menos experiente quando o li, em 2005. Mas eu nunca o reli, e tenho a séria impressão de que ele me encantaria da mesma forma hoje.
O mundo que o autor criou nessa história é desconcertante. Os conceitos definidos por ele acerca da sociedade existente nesse futuro imaginário chegam a ser perturbadores. O grande problema é que tudo faz muito sentido e boa parte do que Aldous Huxley imaginou é real nos dias atuais. E o livro foi escrito em 1932, o que torna tudo muito mais amedrontador. Eu ficava imaginando como seria viver em uma sociedade como aquela, com costumes e valores tão diferentes.
Infelizmente, não tenho resenha. Mas pretendo escrever quando relê-lo.

 
Eu não queria criar uma lista de indicações porque essa tag é realmente muito legal e todos deveriam fazer. O que você gostaria de viver? Que mundos? Quais personagens? Quais histórias? Que época? =)

    3 comentários para “[tag] 5 livros que eu gostaria de viver”

  1. Mary disse:

    Eu gostarai de viver:
    5°A Culpa é das Estrelas-tirando a parte de ter cancer, ia ser mt legal ter um amor verdadeira(e tbm tirando a parte q ele morre) coisa que hj em dia é basicamente impossivel acontecer
    4°Jogos vorazes-tirando a parte de ter 60% de chance de eu morrer, ia ser legal ganhar o trofeu(se eu ganhasse né que teria menos de 20% de chance de eu vencer os jogos ¬¬)
    3°Diarios do vampiro-quem não iria querer ser:imortal, lindo e poderoso alem de outras coisas?
    2°Percy Jackson-Quem não iria querer ser um semideus?
    1°Harry Potter-Quem não iria querer estudar em Hogwarts e ainda pro cima ser um bruxo?Só um loko né?

  2. Leila disse:

    Lia!!! Sabia que você ia gostar da tag, eu também adorei o “exercício” =)
    Confesso que tenho um fraco por histórias de guerra mas não queria viver em nenhuma delas e por isso fiz escolhas “seguras”..rs.. (É claro que tenho uma pitada de vontade de conhecer a realidade de outras épocas, como em “A Resposta”).
    Nunca tinha tido muito interesse pelo livro ‘Admirável Mundo Novo’ mas fiquei curiosa depois de ler seus comentários!

    Beijo!
    Leila

    Ps: Desculpa a demora em aparecer aqui, tava viajando a trabalho e não consegui acessar a net decentemente antes.. =)

  3. Eliana disse:

    Hoje mesmo eu estava conversando a respeito de Admirável mundo novo com um amigo no FB e disse a ele que eu ainda estava em “dívida” comigo mesma por nunca o ter lido. Coincidência (?) encontrar seu post. Todos falam tao bem deste livro que eu tô com mais vontade do que antes, agora.

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree