[resenha] Uma Carta de Amor

21 de abril de 2014 - segunda-feira - 23:23h   ¤   Categoria(s): Literatura estrangeira, Resenhas, Romance

Uma Carta de AmorTítulo: Uma Carta de Amor
Título original: Message in a bottle
Autor: Nicholas Sparks
País: EUA
Ano: 1998
Editora: Arqueiro
Páginas: 278
Sinopse: Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim – ‘Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.’ Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas ‘Garrett’. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.
Compre: compare preços

Minha adorada Catherine,
Sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos. Quase posso sentir você ao meu lado enquanto escrevo esta carta, assim como o perfume de flores silvestres que sempre me faz lembrar você.

Avaliação:
Este livro foi meu primeiro Nicholas Sparks. Apesar de já ter assistido a 1 ou 2 filmes baseados nas histórias dele, nunca havia lido um livro deste autor até então.
Eu estava muito curiosa para saber por que ele despertava opiniões tão opostas por parte dos leitores: em um extremo, a devoção e em outro, desdém. E, após a leitura, talvez eu tenha entendido. Ou não, rs.

Uma Carta de Amor começa com Theresa encontrando uma garrafa à beira da praia onde ficava a casa de sua chefe, com quem estava tirando umas pequenas férias. Dentro dessa garrafa, havia uma carta muito emocionante, em que um apaixonado Garrett escreve a sua amada Catherine. Pelo texto, era possível entender que a ausência de Catherine, possivelmente falecida, causava muita dor a Garrett já há algum tempo.
Profundamente tocada pelo conteúdo da carta, Theresa fica curiosa para saber que tipo de homem Garrett poderia ser.
Já de volta ao trabalho, Theresa fica sabendo da existência de mais 2 cartas de Garrett, escritas em momentos diferentes daquela que ela possuía e encontradas por diferentes pessoas. Através das 3 cartas, Theresa consegue investigar mais sobre o autor e acaba descobrindo onde ele mora, sua possível profissão e como fazer para encontrá-lo. Sem nada a perder e com o apoio de sua chefe, Theresa é incentivada a ir procurar o romântico autor das cartas.
Não preciso dizer o que acontece quando ela o encontra. Vocês sabem que os livros do Nicholas Sparks sempre trazem histórias de amor.

Bom, eu gostei bastante dessa história. O final me chocou um pouco, me deixando até um tantinho indignada, mas ok, nem todas as leituras são flores. Com relação à minha primeira experiência (ui!) com o Nicholas Sparks, eu diria que foi tranquila. Gostei do livro, mas não me apaixonei por ele. Talvez eu precisasse realmente ser uma pessoa bem mais romântica para isso acontecer. E não sei dizer se pessoas que detestam o autor seriam necessariamente aquelas que não acreditam em amor. Acho que vale uma pesquisa aí, rs.

Eu recomendo para quem está a fim de ler uma história de amor que contém sentimentos bem intensos. E aqueles que sonham viver uma grande paixão desejarão poder mergulhar para dentro das páginas.
Uma Carta de Amor

Leia um trecho: aqui

A adaptação para o cinema é de 1999, com Kevin Costner no papel de Garrett e Robin Wright no papel de Theresa. Eu não assisti ao filme, mas, pelo trailer, pude perceber já algumas diferenças, como o fato de Theresa ser loira (no livro ela tem os cabelos castanhos, na altura do ombro e lisos), de Garrett ser mais velho que Theresa e o chefe dela ser homem.

Veja também:

    2 comentários para “[resenha] Uma Carta de Amor”

  1. Giani disse:

    Oi Lia Lindaaaaaaaaaa!!!! \o/

    Sabe… Nunca li NS!!!!

    Vejo tanto melodrama por conta desse cara aí (kk) que acabei pegando uma certa antipatia por ele…

    Maaaaaaaaaaaas acho (só acho) que vou ler este da carta…

    Pelo menos tem o mistériozinho da investigação… E o final chocante… O.O

    Eu vi o filme “Querido Jhon” e fiquei com raiva do final!
    Quem aquela loirazeda pensa que é?! Deu vontade de dar uma porrada nela! Hunf!

    Um dia quem sabe quando Deus ajudar eu leio esse livro e te conto o que achei! hahahahahahaha

    Beijokinhas engarrafadas! ^^

  2. Leila disse:

    Eu sou dessas que amam e odeiam o Nicholas Sparks; Adoro as histórias e a escrita dele mas também odeio quando choro horrores e quando ele mata as pessoas no final dos livros.. argh!rs..
    Não li esse livro mas pela sua resenha parece tranquilo; sem essa relação de amor/ódio..rs..
    E você ficou com vontade de ler outro livro do Sparks ou nem quer tentar de novo?rs..

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree