Paris 2015 – a parte literária da viagem – II

30 de abril de 2015 - quinta-feira - 12:55h   ¤   Categoria(s): Blog

Finalmente eu arranjei um pouco de tempo pra escrever o post II da minha viagem pra Paris ♥! Desde que eu voltei de férias, já tive que enfiar a cara no trabalho e mal tive tempo de curtir o pós-viagem.

O post II é sobre as comprinhaaass!! \o/
Paris 2015

» LIVROS
Quando eu fui viajar, eu tinha na cabeça a meta de comprar 2 livros. Voltei de Paris com 9. NOVE!!! Tudo bem que 3 deles “não valem” pra entrar na fila de não lidos, rs. Mas mesmo assim… aff.
Bom, pelo menos comprei os que estavam na meta, hahaha!

Livrinhos de colorir
Eu nunca tinha parado pra olhar esses livros, nunca tinha nem chegado perto deles antes. Até que, ao entrar na Gibert Jeune, eu dei de cara com uma prateleira cheinha deles! De vários tamanhos e temas, com páginas destacáveis ou não, mas todos lindos!
Acabei comprando 3, não imediatamente da primeira vez que vi, nem todos na mesma loja. Mas foram 3, hehehe. E são eles que “não valem” pra fila. =D
Paris 2015
Tema: Paris
Paris 2015 Paris 2015
Tema: Art Nouveau
Paris 2015 Paris 2015
Tema: arte celta
Paris 2015 Paris 2015
Le petit Nicolas – Sempé/Goscinny
Desde as aulas de francês, lááá em 2004, eu ouvia falar do petit Nicolas. Ao longo dos anos, cheguei a xeretar os livrinhos dele quando via nas livrarias, mas nunca tomei a iniciativa de comprar.
Da outra vez em que fui pra Paris, eu não comprei porque não tinha nada planejado (pois a viagem era em grupo, por agência de turismo, e a gente ia passar pouquíssimos dias na cidade) e também porque não sabia a ordem dos livros na coleção.
Mas dessa vez eu não queria perder a nova oportunidade. Pesquisei direitinho, vi quais edições existiam, o preço, em que lojas poderia ter, etc. Era um dos livros da meta.
Paris 2015 Paris 2015Eu sempre quis ler as historinhas desse personagem porque é uma temática infantil, de linguagem mais simples, ótimo pra quem não quer passar muito perrengue de ficar indo no dicionário a tooodo momento.
Vamos ver se vai ser assim mesmo, rsrs.

Notre-Dame de Paris – Victor Hugo
Esse livro era o outro da meta. Um belo dia, eu inventei que, sempre que viajasse, procuraria comprar uma caneca do tipo souvenir clichê e um livro de um autor do país, no idioma original.
Eu escolhi Notre-Dame de Paris (ou O Corcunda de Notre-Dame, em pt-br) por alguns motivos:
- porque se passa na Paris medieval, em 1482, e há muita história como pano de fundo;
- por causa de um capítulo em específico, “Paris à vol d’oiseau”, dedicado a descrever a Paris da época (e eu “nem amo” esse tipo de coisa…);
- porque eu dei uma lida rápida na edição em francês que encontrei em uma Livraria Cultura e não me pareceu tão impossível quanto eu imaginava.
Paris 2015 Paris 2015 Paris 2015Eu cacei por várias livrarias uma edição que não fosse pocket e que tivesse um preço razoável, mas acabei desistindo. Era melhor ler o livro primeiro, que é a coisa mais importante a se fazer. Depois, se eu gostar, quem sabe eu não invente de colecionar edições dele?

Les Parisiens Comme Ils Sont – Honoré de Balzac
Sabe quando você está na livraria pra comprar um determinado livro mas um outro fica dançando na sua frente, te seduzindo? Pois é, foi o caso de Les Parisiens Comme Ils Sont, do Balzac. Fininho, pequeno, com um título pra lá de interessante e, ainda por cima, de um importante autor francês? Ai, inferno, vem cá que eu te levo, coisa linda!
É uma coletânea de crônicas publicadas inicialmente em jornais, e conta sobre a cidade e seus habitantes.
Paris 2015 Paris 2015

1000 Years Of Annoying The French – Stephen Clarke
Esse livro foi recomendação de um amigo, do tipo “Já que você curte história da França, lê esse”. Cheguei a ler pouco, um trecho que encontrei na internet, mas, do pouco que li, achei sensacional, tanto em relação à parte histórica quanto ao humor já anunciado no título.
E então que eu estava na Shakespeare and Company, me matando de emoção de estar lá, quando dei de cara com esse livro. Se fosse pra cometer a heresia de comprar um livro em inglês em Paris, que fosse em um lugar onde faria totalmente sentido. Voltei no dia seguinte na S&C.
Paris 2015 Paris 2015

A Year In The Merde – Stephen Clarke
Não contente, lembrei que esse autor tinha uma série de livros sobre a vida na França, a tal da série “Merde”. Pesquisei qual era o primeiro livro. Voltei mais uma vez na S&C.
Paris 2015 Paris 2015Destaque para o carimbo da S&C.
Paris 2015

Transperceneige – Lob, Rochette, Legrand
A lindíssima queridíssima fodíssima Editora Aleph lançou em março a HQ de ficção científica O Perfuraneve. Em um súbito clarão que eu tive quando estava na seção de quadrinhos da Fnac, lembrei que essa HQ é francesa. Lá fui eu importunar uma funcionária com meu francês ruim, sem saber quase nada sobre o livro:
- Madame, bonjour. Você poderia me ajudar, por favor? Eu estou procurando uma HQ, mas eu não sei o título em francês e também não sei os nomes dos autores. Sei que tem um trem que anda na neve, e é ficção científica.
- Ah, acho que sei qual é. Tem um seriado ou filme dele, não é? Vamos procurar no computador.
Depois de umas 3 tentativas de títulos, ela conseguiu encontrar pra mim! Dels abençoe essa mulher!
Paris 2015 Paris 2015Olha, esse livro pode não ser o mais importante que eu comprei em termos de literatura, mas com certeza é o mais lindo e o que mais valeu o esforço. =)

 
» MARCADORES DE PÁGINAS
Eu já mostrei também no instagram durante a viagem, mas quero mostrar de novo, porque são liiiiiiiiindoooooosss!!!
Paris 2015
Sainte Chapelle
Paris 2015 Paris 2015
Victor Hugo
Paris 2015 Paris 2015
Alexandre Dumas
Paris 2015 Paris 2015
Marcadores que ganhei na S&C quando comprei os livros lá.
Paris 2015

 
» SACOLAS
Sacola maravilhosa com a estampa de Tales from the Void, uma colaboração artística entre a S&C, The Cob Gallery e o grupo de artistas Le Gun
Paris 2015 Paris 2015
Saquinho de “papel de pão” onde veio o 2º livro que eu comprei na S&C (já que o primeiro eu levei dentro da sacola do Tales from the Void)
Paris 2015

 
———————

Aiai… Estou apaixonada pelas minhas compras! Não vejo a hora de começar a ler (e pintar também, rs). Pois é, ainda não tive tempo pra começar nenhum deles. Sacumé o trabalho, sacumé a fila. =D
Aliás, a fila… Vai ficar maior, mas paciência. A causa, dessa vez, é boa! =)
Reparem que todos os livros que eu comprei eram ou de autor francês/francófono ou de um assunto relacionado à França, inclusive os livrinhos de colorir. Felicidade sem fim!! ^____^

Para ler e ver fotos sobre os locais literários que eu visitei, vá para o post I.

Comente!

Spam Protection by WP-SpamFree