Categoria: ‘Coisas de leitor’

O leitor “Intermediário”

14 de setembro de 2012 - sexta-feira - 15:29h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor

Há algumas semanas, um amigo meu, Rapha Motta, me pediu um post com dicas sobre como ler mais. Ele é o tipo de pessoa que gosta de ler, mas não lhe sobra tempo para dedicar à leitura.
Com essa sugestão, eu decidi escrever uma série com 3 posts baseados nos “níveis” de leitores que somos, nomeados de forma ultracriativa como Iniciante, Intermediário e Avançado.

Eu vou começar do meio, de forma bagunçada mesmo, até porque a ordem destes posts não faz diferença nenhuma. Além disso, o Intermediário é justamente o caso do meu amigo, para quem eu já estou devendo o post faz tempo.

E… só para esclarecer antes de começar, as minhas definições de conceitos e as dicas que eu vou dar são totalmente desprovidas de embasamento teórico-científico-literário, ok? São apenas coisas da minha cabeça, fundamentadas em observações e ótimas conversas. =)

 
O Intermediário

É aquela pessoa que gosta de ler, compra livros esporadicamente, mas acaba formando uma pequena fila de não-lidos por falta de tempo para se dedicar à leitura. Além do seu cotidiano (estudo/trabalho, família, amigos), o Intermediário pode ter diversos outros hobbies que competem com a leitura de livros, como internet, filmes, seriados, atividades físicas, videogame etc.

A internet como maior devoradora de tempo

Eu acho que, dos hobbies acima citados, a internet é aquela que nos rouba tempo da maneira mais sorrateira e imperceptível, como um ladrão silencioso no meio da noite. 10 minutinhos viram 2 horas como num passe de mágica. Boa parte disto é culpa da própria dinâmica da internet: links (não-lineares por natureza) levam o usuário por caminhos tortuosos e sem fim. Quantas vezes você já não foi vítima da progressão geométrica no youtube, onde um vídeo puxou outros 3, que puxaram outros 3, que se tornaram infinitos?
youtube infinitoAtualmente, temos também as notificações e atualizações nas redes sociais que têm o absoluto poder de fazer desmoronar nossa capacidade de resistência. Quem aguenta olhar para aquele número dentro do quadradinho vermelho e não clicar para ver o que é? Quem consegue segurar a curiosidade para saber do que são os novos tweets?
notificações Twitter Facebook

 
O smartphone como único companheiro

Os celulares de hoje estão substituindo praticamente tudo: pager (alguém lembra o que é isso?), calculadoras, GPS, videogame portátil, computadores e… amigos (!!?). Pois é, quem nunca ficou na mesa do restaurante mexendo no celular ao invés de conversar com as pessoas em volta?
Por substituírem quase tudo, o celular acaba sendo a 1ª opção para se passar o tempo, seja na sala de espera do consultório, seja no transporte público ou em qualquer situação similar.
Acontece, muitas vezes, de o smartphone ser utilizado em “duplicidade”. Quantas vezes você verificou as notificações do Facebook no celular, chegou em casa, ligou o computador e checou o Facebook novamente, sem ter nenhuma notificação nova?

 
30 minutos

Os itens citados acima, sobre internet e celulares, são apenas algumas dicas principais de onde você pode estar deixando escoar o tempo que você poderia gastar com leitura.
Modificando muito pouco da dinâmica dos seus hobbies (ou vícios, rs), se você se dedicar apenas 30 minutos do seu dia à leitura, você será capaz de ler aproximadamente 1 livro por mês, logicamente dependendo da quantidade de páginas.
Algumas ações que você pode tomar para que estes 30 minutos realmente “aconteçam” são:
● Caso utilize transporte público para ir estudar/trabalhar, leia durante o trajeto.
● Se realmente for irresistível mexer no celular no caminho de volta pra casa, não ligue o computador por 30 minutos assim que chegar. Vá direto ler. “Ah, mas assim que eu chegar em casa, eu vou querer tomar um banho”. Mentira. Se você é viciado em computador, você o ligaria e ficaria muito mais do que meia hora nele.
● Se você não usa transporte público ou o busão que você pega chacoalha mais que panela de pipoca, reserve os 30 minutos em casa mesmo assim.
● Opte pelo livro antes de dormir ao invés da televisão ligada. Nem que você seja Lia-style, que lê 2 linhas e já capota. Ao menos sua mente exercerá uma atividade mais tranquila do que ficar vendo luzes piscantes.
● Comece a carregar um livro pra cima e pra baixo. Quando estiver em situações de espera, faça um esforço para evitar mexer no celular e leia o livro.

 
Mais do que 30 minutos

Caso deseje ler mais do que 30 minutos por dia, o ideal seria estabelecer limites mais rígidos nestes fatores que fazem você “perder” tempo. Não acho que assistir filmes, seriados ou jogar videogame sejam formas de deixar o tempo escorrer entre seus dedos. Mas a internet é. E o celular pode ficar no bolso/bolsa por mais tempo.
E tudo é uma questão de hábito. Nossa mente tem uma capacidade de adaptação incrível às situações que impomos e elas se tornam naturais muito antes de percebermos.

 
E vocês? Também são leitores “Intermediários”? Se sim, sofrem dos mesmos problemas? Têm algum outro elemento “roubador de tempo” que afeta vocês? Sabem de alguma outra dica para ajudar a ler mais? Divida com a gente nos comentários. O que vale aqui é a discussão! =)

Manias de leitor

5 de setembro de 2012 - quarta-feira - 16:14h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor

Manias de leitorQue nós, bookworms, somos doidos por livros, todo mundo sabe. Mas… somos apenas “doidos” no sentido figurado da palavra ou também no sentido literal??

Abaixo, algumas manias típicas de leitores. Umas normais, outras nem tanto.

Reparar no livro que os outros estão lendo
Seja no ônibus, metrô, trem ou sala de espera, o sujeito está lá, quieto, no mundinho da leitura e você fica se contorcendo todo para tentar saber qual livro ele está lendo. Às vezes é fácil descobrir porque você já conhece a capa. Às vezes, você continua se contorcendo, incansável. Você nunca foi flagrado? Independente de descobrir qual o livro ou de ser flagrado, você sempre acaba tendo um sentimento positivo, de cumplicidade, com aquele que carrega um livro a tiracolo para onde quer que vá.

Livro autografado fica em casa
Poxa, livro autografado é preciosidade, né? Imagine se perde, rasga, suja, molha? Eu raramente saio com livro autografado na rua. Se o faço, fico morrendo de medo, tomando mil cuidadinhos.

Cheiro de livro novo
Prefere gastar o valor de um carro (exagero!!) em livros e ama cheiro de livro novo. Quando compra um, dá aquela fungada, no meio da rua, do shopping, e todo mundo ao redor fica olhando. Se colocar uma venda nos olhos da pessoa e, sem ela saber, levá-la numa livraria, vai descobrir justamente por causa do cheiro.

Marcador maior que o comprimento do livro
Tem gente que não liga. Tem gente que não gosta. Eu particularmente não gosto de marcadores de papel “sobrando pra fora”. Tem gente que prefere porque diz que dá para saber qual a página marcada. Eu não gosto de ficar amassando as bordas que sobram. Eu tenho até meus marcadores de tamanho menor para os pockets!

Para que lado o marcador fica virado
Eu gosto de deixar o lado colorido (ou “mais” colorido) virado para a página onde parei a leitura. Mas não me sinto segura de falar em nome de todos os leitores porque acho que isso seja uma mania muito freak minha. Gostaria que outros possíveis freaks se manifestassem nos comentários, rs.

O antissocial 01
Tá saindo do trabalho, volta de transporte público e evita a companhia de outras pessoas, só pra poder ficar lendo. Não entende por que raios as pessoas querem que você as espere para irem juntas e felizes. Entende muito menos o motivo de querer conversar no metrô barulhento onde só é possível escutar o outro nas paradas em estações.

O antissocial 02
Por que raios um estranho vai querer puxar papo sendo que ele está vendo que você está com a cara enfiada dentro do livro? Mas que falta de tato! Rs…
Fato real: uma vez, no ônibus, uma mulher do meu lado viu que eu estava lendo um volume da série Ramsés e comentou que adorou os livros. E eu: “Ah!!”, sorri com a maior simpatia do mundo e voltei com a cara no livro. Ué? Se ela fosse devoradora de livros, ela teria entendido.

 
E você? Tem alguma esquisitice típica de leitor?

[dica] Controlando a compulsão #2

24 de agosto de 2012 - sexta-feira - 19:19h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor, Dicas

compulsão livrosA edição nº2 das dicas sobre controle da compulsão por comprar livros coincide com o dolorido período pós-Bienal. Apesar de uma das dicas ser um simples castigo (que escolhi para mim mesma) por causa do desastre na Bienal, esta dica e todas as outras servem para todo mundo!

» Estabeleça um Castigo Pós-Bienal
Se matou de comprar?
Acabou com as costas e os ombros?
Arrebentou o limite do cartão de crédito? Esvaziou a conta bancária?
Está com 583 kg a mais de peso da culpa?
A solução é CAS-TI-GO! Hahaha!!
É o que eu estou fazendo comigo mesma. Vocês devem ter visto no post do Meme pós-Bienal… Estabeleci que só poderei comprar 4 livros nos próximos 12 meses.
Eu tenho fé que vai dar certo, por inúmeros motivos:
- Até antes da Bienal, eu fiquei 87 dias sem comprar livros.
- O peso da culpa é muito grande! Me sinto até mal só de pensar em comprar mais!
- Os 4 livros permitidos vão me possibilitar não definhar de inanição, não morrer de abstinência, não enlouquecer com a ausência do ato da compra. Afe, que drama! =P
- Todos estão tomando conta e quero ser honesta! Hahahaha!! (a que nível um ser humano chega…?)

» Troque o “quero” pelo “preciso”
Explico! Existe alguma coisa que você precisa fazer ou precisa parar de fazer? Exemplos: adquirir o hábito de arrumar a cama, perder peso, comer menos brigadeiro, parar de roer unha etc. Troque isso por páginas compráveis (que são o que você quer)!!
Uma coisa que funcionou absurdamente bem comigo foi essa história de arrumar a cama. Eu era uma pessoa que ficava uns 6 meses com a cama bagunçada! Sério! Um caos!
Um belo dia, resolvi fazer essa troca. As regras eram mais ou menos assim (não lembro bem, pois faz tempo):
- a cada dia que eu arrumasse a cama, ganhava 5 páginas de livro
- eu só poderia comprar um livro com o número de páginas acumuladas após 1 mês arrumando a cama TODOS OS DIAS
- se eu falhasse 1 dia que fosse, a contagem ZERAVA
- depois que eu completasse 1 mês arrumando a cama, eu poderia continuar acumulando e a troca poderia acontecer a qualquer momento
O resultado: cumpri o acordo e NUNCA MAIS deixei de arrumar cama! O ser humano é um bicho tão maleável, não?

» Faça apostas com outras pessoas
Seu pai/marido está beirando um infarto e não quer fazer dieta nem exercício? Além disso ele vive te dando bronca por causa dos livros que compra?
Pois seus problemas acabaram-se!
“Pai/benhê, se você perder 5 kg em 1 mês, eu fico 2 meses sem comprar livros!”
Lindo, não? Tudo fica mais saudável com isso: corpo, conta bancária…

» Treine a resistência
Nesse exercício, eu confesso que sou pró. Mas também foi à custa de muito treino meeesmo!
Todo mundo fala que não pode entrar numa livraria que com certeza sai com pelo menos 1 livro nas mãos. Ou que evita de entrar justamente para não comprar.
Pois faça o contrário!! Entre nas livrarias e exercite o ato de resistir! Comece fazendo isso acompanhado de alguém que tem controle moral ou financeiro sobre você: marido, pai, mãe, chefe, gerente de agência bancária, rs. Depois, vá com pessoas mais amigáveis: namoradinho, ficante, peguete, bff, filho. Quando estiver mais seguro de si, parta para o desafio Level Boss: vá sozinho!!
No meu caso, eu vou com meu namorado quase que semanalmente e ele já não precisa ficar tomando conta de mim, hahaha!
Mas é prática: tem que começar de algum nível soft e ir treinando sempre para aperfeiçoar.

 
E aí? Bora escolher um? Coragem!! \o/

Aaah, e tem a edição nº 1 destas dicas, aqui, ó!

[dica] Controlando a compulsão #1

5 de julho de 2012 - quinta-feira - 17:31h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor, Dicas

compulsão livrosDesta vez, o post de dicas vem do avesso!
É, rs, não são dicas de livros, mas sim dicas para evitar comprar livros e dar aquela brecada na sua louca compulsão.

Resolvi fazer este post porque eu mesma vivo lutando pra não transformar as livrarias nos meus templos de perdição. Já fiz milhares de apostas e acordos comigo mesma, já pensei em milhões de jeitos pra não deixar a fila aumentar tanto.
“Ah, mas Lia, a sua fila é gigante e tá sempre aumentando. Então suas dicas não funcionam!”
Bem… elas funcionam sim, desde que você as cumpra! Hahahaha! E esse é justamente o meu problema.

De qualquer forma, vou passar pra vocês o que eu já tentei. Vejam se dá certo pelo menos com vocês! XD

» A cada x livros lidos, ganho o direito de comprar 1
Acho que essa é uma das regras mais simples, e ousaria dizer que vários viciados já devem ter tentado este truque. Eu sugeriria que o ideal seria trocar de 3 a 5 livros lidos pelo direito de comprar 1. Menos que 3 é roubalheira. Mais que 5 é insano e você vai enlouquecer antes da primeira tentativa.
Variação: usar a quantidade de páginas como “unidade”. De 3 a 5 em troca de 1 também é o ideal.

» Comprar 1 vez por mês, mas com um fator limitante
Eu vi uma dica neste estilo, e não lembro em que blog foi. Por favor, se alguém souber me informar, me avise que eu dou os créditos da ideia.
Faça compras de livros uma única vez por mês. Determine a data e estabeleça o limite. Ex: Hoje é dia de comprar livros, mas vou comprar no máximo:
- 3 livros ou
- 600 páginas ou
- R$ 70,00
O legal (e torturante) é que você pode passar horas na livraria tentando otimizar sua compra de acordo com o fator limitante. “Das 600 páginas que tenho de limite, prefiro gastar em livros mais grossos ou mais finos?”

» Evite perder a cabeça em promoções ou sebos
Mulher quando vê uma liquidação, vai e se joga na loja, compra um monte de coisa e acaba não usando metade. Eu percebi cedo que isso nunca funcionou comigo para roupas. Sempre preferi pagar caro, dolorosamente caro por uma peça que eu realmente queria muito, que servia no meu corpo com perfeição, do que comprar qualquer coisa só porque está barato e depois “Ai, nem era tão legal assim essa calça”.
Acho que o mesmo raciocínio funciona para livros, em promoções de lojas ou preços baixos de sebos.

» Ler os livros mais finos
Hahahahaha!! Essa é a dica mais cara-de-pau dessa lista! Trapaça total! Mas não deixa de ser válida!
É ótima para quem quer diminuir o tamanho da fila de forma rápida e se sentir mais leve. Mas tenha ciência de que esta sensação é temporária, pois mais cedo ou mais tarde, você vai ter que enfrentar os livros gordões e sua fila não vai andar tão rápido assim.

 
E aí? Qual dessas dicas você encararia? Você tem algum método de controle de compulsão também?

Veja a edição nº2 destas dicas, aqui.

Fila de livros não-lidos: A Média

27 de junho de 2012 - quarta-feira - 20:21h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor, Selos/memes

Pessoal, primeiro de tudo, eu queria AGRADECER IMENSAMENTE a participação de cada um de vocês no meme!! Obrigada por terem respondido e terem voltado aqui pra deixar o link!
Amei ter lido as respostas! Ri alto com algumas, me emocionei com outras, fiquei preocupada quando a fila era muito menor que a minha, me senti ultra-aliviada de saber que não sou a única doida!
Fila de livros não-lidos

 
Eu li absolutamente todas as respostas e anotei o tamanho da fila de cada uma para poder tirar uma média e, tchanaaannn, eis o resultado!
Fila de livros não-lidos
Um tamanho médio de fila de 54,1 livros não-lidos! Confesso que achei esse número bastante razoável, dado que uma maioria maciça era de blogueiros literários, que costumam ser absurdamente loucos por livros e abençoados com uma compulsão sem tamanho!
Editado em 05.07.12: A média aumentou para 55,3 com as respostas mais recentes!

Também pude notar que:
- A maioria controla-se para comprar livros mais por causa da grana. Mas se tiver dinheiro no bolso, não quer nem saber e se joga na livraria, rs. (e eu acho isso muito certo, hehe!)
- Para quem tem a fila aumentando, o controle ou descontrole não importa muito, mas sim o fato de receber livros de parceria e ganhá-los em sorteio.
- A causa do descontrole geralmente são as promoções de preço baixo ou frete grátis que as lojas online fazem.

E aí? Como se sentem?
Normais? Doidos de pedra? Uma exceção?

Quem ainda não respondeu, não tem problema! Poste no seu blog, deixe o link aqui ou no post original que eu visitarei, comentarei e atualizarei a média!