Tag: ‘Bienal SP 2014’

[Bienal SP 2014] O post pós-evento

1 de setembro de 2014 - segunda-feira - 21:55h   ¤   Categoria(s): Eventos

Entããããoo que a Bienal do Livro SP 2014 acabou ontem!

Tinha tanta coisa que eu queria postar que eu não sabia por onde começar. Mas resolvi fazer 1 post só, gigantão. Ele está por partes, então, se você estiver com preguiça de ver tudo, pode clicar nos links abaixo para ir direto ao assunto desejado. Senão, pode ir descendo a barra de rolagem normalmente.

Menu
- Lambança?
- Famosos
- Fotos do local
- Livroooosss!! \o/
- Não só livros
- E 2016?

 
» Lambança?

Olha, eu confesso que a minha ansiedade estava a mil antes da Bienal porque eu estava realmente com muito medo de como meu monstrinho compulsivo iria se comportar dessa vez. A edição de 2012 foi total pé na jaca, como vocês já devem ter cansado de ouvir.
Entretanto, para a minha surpresa final, digamos que a “minha” Bienal 2014 foi bem tranquila, sem exageros de quase nenhum tipo.
A pergunta que não quer calar: quantos livros você comprou, Lia?
A resposta: 11. É, onze.
Sóóóóó???
Só!
E o melhor de tudo: eu tinha estabelecido uma meta de no máximo 12 livros. Ou seja, ainda tinha espaço pra mais um, e eu nem preenchi!

Vejam como a foto a seguir mostra o rosto de uma pessoa serena, equilibrada, sensata, razoável e, acima de tudo, orgulhosa. Porque IMPOSSIBLE IS NOTHING! [pose de victory do Fred Mercury]

Os livros cabem em uma foto só e vocês conseguem ler o título deles! Isso não é incrível?

Com relação aos itens do post de Prevenção Contra Lambança, pfff, adivinha se consegui cumprir tudo aquilo! Fiasco total, hahaha!
» Desconto maior que 50%: Gué!!! Onde?? Tirando aquelas promoções de preços ultrabaixos, pouquíssimas editoras tinham descontos decentes. Uma estava com preços já mais baixos e descontos progressivos de até 15%. Outra chegou a até 40% de desconto, também progressivo. E uma outra, sim, chegou a 50% no último dia, mas era editora de livros mais técnicos. =/
» Comprar livros de menos de 300 páginas: Nenhum deles!! XD O mais fino tem 303 páginas, que é o Minha Metade Silenciosa.
» 1 livro por editora: 4 na Instrínseca, 2 na Gutemberg, 2 na Ediouro, 2 na Leya e… aaahhh, olha só, 1 na Record. ¬¬
» Usar uma mochila pequena: Em alguns dias, sim, usei a mochila pequenininha que tinha em mente, mas em outros, fui com uma mochila normal, média. Mas veja bem, pelo menos não fui de mochilão que nem em 2012. Pelamordedeus! O que eu tinha na cabeça naquele ano??
» Sacolinhas que machucam as mãos: Aháááááá!! Esse eu cumpri direitinho! Mas foi por 2 motivos: 1) minha mochila estava cheia, ou com câmera trambolho-fotográfica ou com garrafa térmica, blusa, nécessaire, etc., aí 2) dava preguiça de abrir, ajeitar os livros de forma que a quina da lombada não ficasse espetando seu traseiro, ai, um sofrimento, haha! E como o máximo que eu comprei em um único dia foram 5, não ficava ruim de infligir autossofrimento. XD Minhas mãos chegavam a arder um pouco quando ia tomar banho e a água quente caía nelas. Huahuhua!
» Ficar presa em fila de autógrafos: Eu não peguei nenhum. Chega uma idade em que a pessoa passa a ter menos energia pras coisas, sabe? Aí tem que usá-la de forma mais inteligente, sabendo priorizar e talz, entende?

Bom, a parte de marcadores também não foi exagerada, mas, nesse caso, nem foi opção minha. Tinha poucos disponíveis nos estandes mesmo. Ouvi bastante blogueiro reclamando disso. A foto de baixo mostra os livretos e 1 marcador de cada que eu consegui pegar. Nem todos têm repetido, mas do que tiver, vou sortear em breve no instagram.
voltar para o menu

 
» Famosos

Gente, confesso que achei lindo saber que a molecada estava enlouquecida querendo ver Cassandra Clare, Kiera Cass, Paula Pimenta, Bruna Vieira, etc. Li muitos comentários sobre a parte triste, do tumulto e tal, mas sabe quando o coração se enche de amor e esperança quando paramos pra pensar que esses ídolos são autores de livros? Isso é maravilhoso! E isso também é pras pessoas jovens, rs. A minha cara pode enganar, mas as minhas costas doem e me lembram da minha verdadeira idade.

Eu fiquei feliz mesmo é de ter visto o Harlan Coben, do nada, do outro lado do corredor, no estande da Arqueiro, alto, lindo, careca e maravilhoso, distribuindo sorrisos e simpatia. Eu não tinha planos de acordar cedo pra pegar autógrafo dele. Nem sabia em que horário ele estaria no estande. Foi o destino que me permitiu a visão daquele homem ai-meu-deus, rs.

E falando em véia, ontem, o último domingo, estava bem tranquilo, por isso também consegui ver o Ronnie Von. Ele estava no estande da Planeta, autografando sua biografia pras senhôuras que são mais tias do que eu. Me enfiei no meio da multidãozinha e consegui tirar uma foto só pra fazer inveja pra minha mãe, hehehe.

De resto, vi Ziraldo rapidinho enquanto estava de passagem e Mauricio de Sousa, que eu nunca tinha visto antes. Vi Thalita Rebouças, beeem de longe, dando uma palestra pra uma galera, e acho que vi Bruna Vieira de costas, porque me disseram que era ela.
voltar para o menu

 
» Fotos do local

Vocês já devem ter visto várias fotos de outras pessoas, mas eu quero mostrar a minha versão também. \o/

Entrada

Essas “arvrinhas” eram muito lindas!

Ediouro

Grupo Autêntica

E o estande mais bonito na opinião de muita gente
voltar para o menu

 
» Livroooosss!! \o/

A parte mais importante da Bienal! Aqueles que são motivos de existência para o evento. E para nós, book-freaks, também.

Essa coleção é muito bem feita! Eu tenho o da Economia. Pra quem curte ou é curioso, é perfeita!

Torre imponente da Nova Fronteira

Edições da Globo Livros

Zahar, Companhia das Letras e seus selos
voltar para o menu

 
» Não só livros

Algumas coisinhas diferentes que vi por lá…

Um Jack Sparrow gatinho de bobeira na entrada do Anhembi

Lápis no Submarino

Miniatura de casa vitoriana – sala da biblioteca

Plantinhas em um estande de livros sobre… ahm… plantinhas
voltar para o menu

 
» E 2016?

Infelizmente, pra muita gente, nem tudo foram flores nessa Bienal. Quem foi nos 2 sábados pôde sentir com mais intensidade o pior do evento. As críticas de sempre (filas, desorganização) que já ocorriam em outros anos tomaram proporções ainda maiores em 2014. Eu li 3 textos interessantes que gostaria de compartilhar com vocês. Não vou escrever muita coisa por aqui porque seria basicamente uma repetição do que está nesses textos, com os quais concordo em boa parte. Mas a minha opinião final é: não acho que muita coisa vá mudar para 2016. Não costumam mexer em time que está lucrando, costumam?

A vez e a hora de uma nova Bienal de São Paulo
Henrique Farinha – PublishNews

Bienal do Livro em SP supera expectativas e leva 720 mil ao Anhembi
Maria Fernanda Rodrigues – Estadão

Bienal SP: tudo bem quando termina bem
Leonardo Neto – PublishNews
voltar para o menu

 
Quem tiver post sobre a Bienal, com compras, fotos, etc., deixe o link nos comentários, please! =)

[Bienal SP 2014] Prevenção contra lambança

15 de agosto de 2014 - sexta-feira - 22:56h   ¤   Categoria(s): Coisas de leitor, Eventos

Prevenção contra lambança

Aah, que delícia saber que todo mundo já está preparado pra Bienal SP!! ^__^ ~♥ Falta exatamente 1 semana!!! \o/

Bom… como eu moro em São Paulo, não preciso fazer muito planejamento. Pra mim, tem a opção de metrô + ônibus gratuito ou um ônibus que vai direto da minha casa até quase na porta do Anhembi.

Meu desespero mesmo é com relação ao meu comportamento lá na Bienal! >_< Já estou há muitos meses ansiosa, preocupada com a possibilidade de fazer lambança e acabar comprando trocentos livros.

Então, montei uma listinha de coisas que eu posso fazer para livrar-me do mal-amém, quase um Guia de Bons Modos, hahaha! Não quero passar de novo por aquele perrengue psicológico torturante que foi o período pós-Bienal 2012.

Vamos lá, ver a lista de mentiras que vou contar pra mim mesma? XD

» Desconto maior que 50%
Sinceramente, a Bienal não é um dos melhores lugares para se encontrar livros a preço baixo. Em São Paulo, lá pro fim de novembro~começo de dezembro, tem a Festa do Livro da USP, onde os descontos são obrigatoriamente a partir de 50%. Na Bienal, há algumas editoras que realmente fazem umas promoções ótimas, com livros a 8 ou 10 reais. Uma delas costuma colocar os preços a 50% no último domingo. Já outras editoras são bem muquiranas nos descontos, e são justamente as que não merecem meu dinheiro. Rsrs. Não vou citar nomes, mas tem uma, conhecida pelo slogan “Pobres leitores” (hehehe), que em Bienais anteriores achou que estava arrasando com desconto de míseros 20%. ¬¬
Probabilidade de cumprir: alta

» Comprar livros de menos de 300 páginas
Sabe aquela roubalheira descarada que eu faço pra diminuir mais rápido a fila de livros? Pois é… vai valer para a “formação” da fila também. Em 2012, eu comprei muito livro gordo, e não os li até hoje porque dei preferência, voilà, justamente aos mais finos.
Probabilidade de cumprir: xiiii…

» 1 livro por editora
Regrinha difícil de cumprir, essa, né? Mas se eu tiver isso em mente, com certeza ajudará a frear o efeito polvo, quando meus 8 tentáculos quiserem sair pegando tudo que é livro nas prateleiras. A regra valerá principalmente para aquelas editoras lindas, maravilhosas, que têm aqueles livros que você quer muuuuuuito, mas que estão com desconto de… 30%.
Probabilidade de cumprir: Ahan. ¬¬

» Usar uma mochila pequena
Em 2012, eu tive o dom de ir com uma mochila de viagem, aquelas estilo mochilão, sabe? Elas são projetadas especialmente para distribuir melhor o peso que uma pessoa vai carregar, de forma que não machuque o seu corpo. Oooou seja, eu consegui comprar e carregar muuuuito mais livros do que se tivesse ido com uma mochila comum. Mais especificamente, uns 17 livros.
Pra 2014, eu já decidi: vou uma mochila normal, onde cabem uns 8 livros, no máximo. =D
Probabilidade de cumprir: total

» Sacolinhas que machucam as mãos
Em 2010, eu estava me desvirginando de Bienal do Livro. Éééé, acreditem, eu nunca tinha ido em uma. Aí a pessoa é cabaça, não sabe de nada e foi só com a bolsa. E comprou vários livros, pesados, que foram carregados nas sacolas plásticas ou de papel dadas pelas editoras. Isso machucou as mãos que foi uma beleza!! Mas sabe que é uma boa técnica pra você não comprar demais? Estou pensando se adoto isso ou não, rsrs.
Probabilidade de cumprir: vou pensar com carinho

» Ficar presa em fila de autógrafos
Geeente, tem que ter muita coragem pra madrugar e ficar 900 horas em fila de autógrafo, hein! Eu é que não tenho mais saúde pra isso, não, haha! Mas recomendo! Quanto menos tempo você circular no pavilhão, menor a chance de cair em tentação. Até rimou, ó!
Probabilidade de cumprir: quase zero, mas vá saber…

 
E estou aceitando mais dicas!!