Tag: ‘Ricardo Ragazzo’

[evento] Eu fui: lançamento – A Garota das Cicatrizes de Fogo

5 de outubro de 2013 - sábado - 12:45h   ¤   Categoria(s): Eventos, Literatura nacional, Terror / Sobrenatural

E então, dias atrás, eu recebi um inbox direto do Ricardo Ragazzo, me convidando pro evento de lançamento do novo livro dele, A Garota das Cicatrizes de Fogo, que ia acontecer aqui em São Paulo.
Tem noção do tamanho da honra e da alegria que foi isso?? ^__^

O evento aconteceu ontem, com um bate-papo às 18:30h e sessão de autógrafos às 19:30h, na FNAC da Paulista.

Mesa antes do início do evento
A Garota das Cicatrizes de Fogo
A Alê (@AleLendo), que foi a leitora beta do livro, falando sobre a história, os personagens e a importância do Ricardo no gênero urban fantasy nacional.
A Garota das Cicatrizes de Fogo
Ricardo respondendo perguntas
A Garota das Cicatrizes de Fogo
Filhinho fofo do Ricardo, correndo entre a gente enquanto o pai autografava
A Garota das Cicatrizes de Fogo
Minha veeeez!
A Garota das Cicatrizes de Fogo
Posando pra câmera da fotógrafa oficial
A Garota das Cicatrizes de Fogo
O livro (presente do autor pros convidados!! \o/)
A Garota das Cicatrizes de Fogo
Autógrafo e marcadores de página
A Garota das Cicatrizes de Fogo

Eu saí para jantar com o namorado em seguida, mas pelo Facebook, através do post do próprio Ricardo, fiquei sabendo que ele autografou até as 23h, com a mão doendo e praticamente sendo expulso da FNAC, rsrs.

Parabéns, Ricardo, pelo sucesso do evento e do livro! E obrigada, do fundo do meu coração, pelo convite! =)

[resenha] 72 Horas para Morrer

2 de março de 2012 - sexta-feira - 14:43h   ¤   Categoria(s): Literatura nacional, Policial, Resenhas, Suspense / Ação

72 Horas para MorrerTítulo: 72 Horas para Morrer
Autor: Ricardo Ragazzo (autor parceiro)
País: Brasil
Ano: 2011
Editora: Novo Século
Páginas: 254
Sinopse: Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você!
“O carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.
Compre: compare preços

- Moço, por favor, eu lhe peço… Eu lhe imploro… Poupe meu filho.
- Júlio, está vendo esta faca? Esta aqui é a “minha” namorada. Minha cúmplice. Não tão bonita ou talentosa quanto a sua. Não chega perto disso. Porém, é companheira, obediente, leal. Qualidades não tão valorizadas hoje em dia. Acho que eu e as duas faríamos um belo ménage à trois. O que você acha?
- Não, moço! Meu bebê! Tire esta faca da minha barriga… Por favor…
- Está vendo isso, Júlio? Hein? Vê esse sofrimento? Isso tudo é culpa sua. Esse sangue ficará em suas mãos, não nas minhas. Está me ouvindo? Em suas mãos! Bem-vindo ao seu maior pesadelo!
CLIQUE.
A tela, então, escureceu sem revelar mais nada.

Avaliação:
Júlio Fontana, delegado da cidade de Novo Salto, recebe um chamado sobre um carro abandonado encontrado em um posto de gasolina. O carro é de sua namorada, Agatha. Dentro, um envelope endereçado a ele, contendo um pen drive com um vídeo. Nele, Agatha é ameaçada pelo sequestrador. Está grávida. Ia para Novo Salto contar a feliz novidade a Júlio.
Após algumas investigações, tendo somente o vídeo como pista, o delegado consegue descobrir o local do seu cativeiro, apenas para encontrar a namorada morta, com um jarro nas mãos. Mergulhado no formol, estava seu filho, uma pequena semente.

É dessa forma, intensa, com um crime chocante, que começa o livro “72 Horas para Morrer”. Entretanto, este é apenas o primeiro dos brutais assassinatos relacionados à vingança contra Júlio Fontana. Os detalhes da crueldade e insanidade são de impressionar, o que me fizeram refletir se eu teria estômago para assistir a uma fiel adaptação cinematográfica do livro.

O enredo é muito bem estruturado e a sequência da narração tem um ritmo frenético que não deixa o nível de tensão cair ao longo da leitura. Além disso, o autor vai montando a história de forma a acumular os fatos e acontecimentos, sem revelar quase nada da solução do caso, como se fizesse o leitor aguardá-lo para um ápice no final, onde tudo será esclarecido.

Pequenos detalhes nesta história que me agradaram muito e chamaram a atenção foram os nomes de alguns personagens como Teotônio Saldanha, Tarso Medeiros, Miguel Romero, Virginia Góes e Patrício Pontes, e alguns elementos típicos, como a combinação clássica café + rosquinha + delegacia de polícia. Tudo isso me fez pensar em seriados policiais da televisão brasileira nos anos 70 ou 80. Sei que não faz sentido, pois nasci em 1981 e nunca fui de assistir a tais seriados, mas é uma sensação interessante que eu tive e não poderia deixar de citar.

O livro em si tem uma capa sinistra e elegante, com folhas daquele tipo amarelado, confortável para leitura.
72 Horas para Morrer

Veja também:

[parceria] autor: Ricardo Ragazzo

19 de fevereiro de 2012 - domingo - 13:46h   ¤   Categoria(s): Literatura nacional, Parcerias, Suspense / Ação

Feliz, feliz, feliz por poder anunciar a parceria do blog com o Ricardo Ragazzo, autor do livro “72 Horas para Morrer”!

RICARDO RAGAZZO
Ricardo Ragazzo(fotos e textos copiados do site do autor, linkados no fim do post)
Ricardo Ragazzo é bacharel em Direito, mas trabalha como administrador de empresas. Blogueiro iniciante, escritor e jogador de RPG (Role-Played Games). Mora em São Paulo com sua esposa, filho e beagle. 72 Horas para Morrer é seu primeiro thriller de suspense.
Em 2009 conheceu o consultor literário James McSill (www.mcsill.com) com quem iniciou um processo de coaching que resultou no thriller de suspense hoje lançado pela Novo Século Editora.

72 HORAS PARA MORRER
72 Horas para MorrerTítulo: 72 Horas para Morrer
Gênero: Suspense / Ação
Páginas: 254
Comprar: Livraria SaraivaLivraria da Travessa
Sinopse: Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você!
“O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.

Links:
Twitter: @ricardoragazzo
Site: http://www.72horasparamorrer.com.br/
Skoob do livro: aqui
Facebook do autor: aqui

Obrigada, Ricardo, pela parceria e atenção! Desejo que você tenha muito sucesso com seu livro!!

Veja também: